Luiz Adriano mostra eficiência em finalizações e se torna um dos principais jogadores do Palmeiras
Foto: Divulgação/SE Palmeiras

Eficiência. Esse é o segredo de Luiz Adriano neste ano no Palmeiras, na Libertadores. O camisa 10 palmeirense tem sido eficiente na competição onde, em dois jogos, já soma quatro gols. E durante essa passagem pelo Verdão, o atacante soma ótimos números de aproveitamento de finalizações.

Com um hat-trick na vitória palmeirense frente ao Guaraní do Paraguai, onde teve seu nome ovacionado pela torcida palmeirense, Luiz Adriano se tornou o terceiro jogador na história a conseguir três gols na Champions League e na Libertadores.

O camisa 10 marcou três gols pelo Shaktar na competição europeia. Os outros dois jogadores a conseguirem tal feito foram Neymar, por Santos, Barcelona e PSG e Jadson, por Shaktar e Corinthians.

Luiz Adriano chegou em 2019 para o alviverde, no segundo semestre do ano, e se destacou por sua qualidade com a bola e por ter marcado gols logo que chegou, mas sofreu uma lesão e ficou de fora do fim da temporada, ainda com seus problemas físicos. Agora em 2020, com uma pré-temporada feita já no clube, o camisa 10 cada vez mais tem se firmado como atacante titular da equipe.

Em todos os seus 24 jogos pelo Verdão, Luiz Adriano soma 33 finalizações, com 23 certas e incríveis 12 gols marcados. A média de gols por finalização do atacante é de 2,75, um número altíssimo para a posição.

A amostragem que Luiz tem dado ao torcedor em 2020 é ainda melhor. Nos jogos da Libertadores, Luiz Adriano precisa de apenas um chute para marcar um gol. São quatro finalizações, quatro certas e quatro gols, com 100% de aproveitamento por parte do atacante.

Mas Luiz Adriano vem provando cada vez mais sua importância no momento sem bola. Nos jogos, o atacante aparece por todo o campo, seja na esquerda, na direita ou até no meio de campo fazendo uma função mais defensiva. Para um time que atualmente joga com outros três atacantes, é imprescindível que o seu atacante de área se movimente, para abrir espaços, como tem acontecido.

O camisa 10 se tornou peça chave para o funcionamento da equipe de Vanderlei Luxemburgo. Com confiança, Luiz Adriano pode ser considerado um atacante completo e de muita importância para o Palmeiras, ajudando na criação de jogadas e, principalmente, colocando a bola na rede.

*todas as informações e números usados acima são retirados do site footstas

VAVEL Logo