Para Jorge Jesus, ‘não pode haver mais jogos’ devido ao Coronavírus
Foto: Alexandre Vidal/CRF

A incompetência e ganância das autoridades futebolísticas tomam conta do fim de semana de futebol no Brasil. Mediante ao avanço da pandemia do Novo Coronavírus, as federações estaduais seguem com os jogos, porém sem público nas arquibancadas. Assim, no sábado (14), o Flamengo venceu a Portuguesa-RJ por 2 a 1, de virada no Maracanã. No entanto, depois do jogo, o treinador Jorge Jesus deu sua opinião sobre o momento atual do futebol nacional.

Natural de Portugal, país europeu — continente que sofre bastante com os casos de Covid-19 — o Mister defendeu a pausa dos campeonatos estaduais enquanto houver grande risco de contaminação. Vale lembrar que o vice de futebol rubro-negro, Maurício Gomes de Mattos, contraiu Coronavírus, e ele teve contato com o elenco na viagem à Colômbia, para pegar o Junior Barranquilla, pela Libertadores.

"O Flamengo está no risco, tivemos contato com uma pessoa que teve. Não pode haver mais jogos. Sou português e sei o que está se passando lá, perdi um amigo para o Coronavírus", disse Jesus, lembrando que já perdeu um amigo em Portugal por conta do vírus.

"Hoje (sábado, 14) foi um dia muito triste para mim, obtive uma informação desencontrada sobre a morte de uma amigo querido. Na verdade a informação correta é que ele está em estado grave no hospital", explicou Mister, através das redes sociais.

Segundo foi possível apurar, o amigo citado pelo treinador trata-se de Mário Veríssimo, antigo enfermeiro do Estrela da Amadora, clube onde trabalharam juntos. No país de Jorge Jesus, 169 pessoas já foram detectados com o Covid-19 até a noite do último sábado (14).

VAVEL Logo