Fluminense vence o Vasco, lidera Grupo B e retoma topo da classificação geral
Foto: Reprodução/FFC

Vence o Fluminense! Na noite deste domingo (15), o Tricolor bateu o Vasco por 2 a 0 no Maracanã vazio pela terceira rodada do Grupo B da da Taça Rio. O clássico carioca não teve recheio de emoções, mas as redes balançaram graças a Evanilson e Fernando Pacheco, que deixam viva a esperança de fazer a final do Campeonato Carioca.

Com mais três pontos na conta, o Nense agora tem nove e lidera o Grupo B do segundo turno com folga. Na classificação geral, chegou aos 24 pontos, dois a mais que o Flamengo, e retoma a ponta, não deixando o Rubro-Negro ser campeão pelo ranking geral caso conquiste também a Taça Rio.

Vale lembrar que o Flu não vencia este clássico desde 2017, há 10 jogos. Ou seja, tabu quebrado neste domingo (15).

Poucas chances e efetividade tricolor

Fluminense não estava bem e "achou" um gol no ótimo passe de Nenê aos 31 minutos, deixando Evanilson na boa tocar por cima de Fernando Michel. Até então, o Tricolor fazia um jogo fraco. Depois que saiu na frente, passou a criar mais, na medida em que o Vasco abaixou seu ritmo, que também já não era dos mais intensos. Ao todo, foram dois chutes a gol do Cruzmaltino e só um do Flu.

Depois do intervalo, o Tricolor seguiu dependendo bastante das armações de Nenê, e Vasco sentia a falta de um meia armador de qualidade, por isso detinha a bola mas não chegava com perigo ao gol de Muriel. Após o jogo ficar um tão xoxo, Fernando Pacheco ainda ampliou aos 90 minutos.

Ao todo, o Vasco deu 13 chutes, porém muitos sem direção. Só três desses foram a gol. Contrariamente, o Flu finalizou só cinco vezes, no entanto chegou ao movimento do placar em duas oportunidades. Exceto as duas chegadas de sucesso do Tricolor, a posse do bola dividida em 50% para cada demostrou bem o equilíbrio.

E agora?

Agora, a FFERJ (Federação do Futebol do Estado do Rio de Janeiro) terá reunião nesta segunda-feira (16) para definir os rumos do Cariocão em meio às pandemia de Coronavírus. Ao que tudo indica, o Estadual seguirá os passos da CBF, que suspendeu as condições nacionais por tempo indeterminado.

VAVEL Logo