Atlético-MG volta a treinar na Cidade do Galo após dois meses
Foto: Pedro Souza/Agência Galo/Atlético

Respeitando as recomendações dos órgãos de saúde e seguindo à risca todos os protocolos médicos, o Atlético-MG retomou os treinamentos da equipe profissional nesta terça-feira (19), na Cidade do Galo.

Com exceção dos atletas em treinamento, todos os profissionais do clube usaram máscaras e jogadores chegando uniformizados para treinar.

Em pequenos grupos, com apresentação em horário distintos e espaçados, os jogadores fizeram atividades físicas no campo um, com acompanhamento individualizado.

O hotel profissional de concentração e a cozinha permaneceram fechados, assim como as dependências do centro de excelência (vestiários, fisiologia, academia e fisioterapia).

A hidratação com água e isotônicos foi realizada exclusivamente em embalagens descartáveis, fornecidas no próprio campo de treinamento.

O diretor médico Rodrigo Lasmar comentou a retomada das atividades.

É um passo que estamos dando. O objetivo, agora, é colocar pequenos grupos em contato novamente com o campo. Por mais que os atletas estivessem fazendo trabalhos físicos em casa, isolados, não é a mesma situação de trabalhar aqui, dentro da nossa estrutura do CT. Não existe outro setor na economia que testou todos os seus funcionários antes de abrir suas portas. Quando a gente fala de supermercado, farmácia, indústria, ninguém fez tanta avaliação e teve tanto cuidado quanto estamos tendo. O coronavírus está aí, não viramos a página dessa situação difícil ainda, mas, com segurança, tranquilidade e respeitando todas as orientações, temos condições de voltar com segurança e ter de novo o Galo pelo menos aqui no CT, para dar um gostinho à torcida de que estamos voltando”, destacou.

Estiveram presentes no centro de treinamento, no horário estipulado pela supervisão, apenas as pessoas que testaram negativo para Covid-19 em 11 de maio. Todos foram orientados a utilizar máscaras desde a saída de casa e passaram por uma barreira sanitária na praça de entrada da Cidade do Galo.

A partir de agora, todos que entram no CT preenchem um questionário médico que visa identificar possíveis sinais de quem tenha tido algum tipo de contato ou alguma situação de potencial exposição ou de risco. É medida a temperatura e feita uma avaliação médica de todos, antes que possam ser liberados para o treino. Caso, e algum momento, uma dessas pessoas apresentar algum sinal, algum sintoma, ela será imediatamente afastada e será avaliada. Aí, sim, testes serão feitos novamente”, informou o Lasmar.

VAVEL Logo