Em horários distintos, atletas do Cruzeiro realizam treinos com bola
Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Depois de 70 dias longes da Toca da Raposa, o Cruzeiro segue aprimorando a parte física, além do primeiro encontro com a bola. Em função da pandemia da Covid-19, os treinos foram divididos em dois horários: um grupo treinava  9h e o outro 10h30, respeitando as regras de distanciamento.

Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro     

Apesar do pouco tempo de casa, o meia Jean, contratado no início de março, ressalta o lado bom dessa retomada do futebol.

“Fiquei um tempo treinando à parte no começo do ano até chegar aqui no Cruzeiro e para mim é muito importante fazer uma pré-temporada e aproveitar todos os fatores para a retomada do futebol. Todos vão começar praticamente do zero, do início, todo mundo igual, crescendo junto com o grupo e isso para mim vai ser muito importante”.

Jean aprimorando parte física  (Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)    

Devido os métodos de segurança, Jean ainda estranha o momento novo vivido na Toca, no qual, brinca de parecer uma pelada.

“Estava treinando em casa, mas não é a mesma coisa. A saudade estava grande de poder trabalhar, de poder vir para o clube, treinar, rever os companheiros. Mas é algo novo, algo diferente e não estávamos acostumados. A gente brinca que está igual pelada, jogo de brincadeira, em que você joga bola e volta para a casa, sem poder ir para o vestiário, sem tomar banho. Com a roupa que você veio, você volta para casa. Está bem diferente, bem novo, mas o mais importante é que podemos voltar a trabalhar, fazer aquilo que a gente mais gosta e aos poucos eu tenho certeza de que os jogos vão voltar também”.

VAVEL Logo