Rodrigo Santana justifica saída de Kelvin do Avaí: "Não estava tão comprometido "
Foto: André Palma Ribeiro/Avaí F.C

Avaí divulgou na última semana, a saída do atacante Kelvin. O atleta de 26 anos teve curta passagem pelo Leão da Ilha, atuando por apenas quatro jogos. Nesta quinta-feira (28), o técnico Rodrigo Santana falou sobre a liberação do atacante. 

Inicialmente, o pronunciamento do presidente Francisco Battistotti afirmava que a dispensa do atacante se deu por ajuste orçamentários, após a recontratação de Renato, mas o treinador da ressaltou que a saída de Kelvin ocorreu pela falta de comprometimento do atleta. 

"No período em que a gente ficou sabendo da pandemia, criamos alguns protocolos de treinamento, e aconteceu do Kelvin ficar um período bem longo sem estar respondendo, sem entrar em contato com a nossa comissão técnica, com nosso preparador físico. Isso me chateou. É o que a gente fala... temos um comprometimento muito grande com o trabalho, com a vontade de vencer, e naquele momento notamos que o Kelvin não estava tão comprometido com o nosso projeto", afirmou o técnico. 

Ainda de acordo com Rodrigo Santana, a conduta do atleta preocupou e chateou a comissão técnica, que após conversas, optaram pela dispensa do atacante. 

Contratado pelo Leão da Ilha no início do ano, Kelvin defendeu o manto azurra em quatro partidas do Campeonato Catarinense, e não marcou gols. O atacante tem passagens por Porto, Palmeiras, São Paulo e mais recentemente pelo Vasco.

VAVEL Logo