Volante Gustavo Bochecha deixa Botafogo e acerta com Juventude de graça
Foto: Vitor Silva/ Botafogo FR

Em claras limitações financeiras, o Botafogo negociou Gustavo Bochecha em medida para aliviar os gastos do clube com atletas pouco utilizados pela comissão técnica. Nesta terça-feira (2), o volante teve sua ida ao Juventude concretizada, em transferência gratuita, porém, com um alívio financeiro de até R$1 milhão aos cofres do Alvinegro.

O jogador que está prestes a completar 24 anos, jogará a Série B pela equipe gaúcha. Promovido aos profissionais em 2018, Bochecha foi titular em boa parte da temporada passada, com 32 partidas e um gol marcado. 

Volante de origem, Gustavo perdeu espaço na virada do ano, e até antes da paralisação do futebol, o jogador havia atuado somente em dois jogos no clube, contra Volta Redonda e Madureira, no estadual.

Negociação

Segundo o portal "Fogão Net", Bochecha havia recebido sondagens de clubes do exterior e algumas equipes menores do país. A decisão da diretoria do Glorioso em negociar seu atleta se dá por conta de um alívio na folha salarial, onde o atleta que tinha vínculo até dezembro de 2021, recebendo um salário em torno R$ 60 mil por mês. 

A transferência será sem custos e o Botafogo estima economizar até R$1 milhão com a saída do jogador. Fora dos planos de Paulo Autuori, Bochecha viu do banco a ascensão do também jogador oriundo das categorias de base, Caio Alexandre, que é o atual dono da sua posição.

No Juventude, Bochecha encontrará atletas experientes do futebol carioca, como Pedro Ken, ex-Vasco, Marcelo Carné, ex-Flamengo e o ídolo da torcida, Renato Cajá, que há dez anos defendeu o próprio Botafogo.

VAVEL Logo