Com iminente risco de queda, América-RJ mantém apenas 10 atletas após 23 saídas no elenco
Foto: Márcio Menezes/ América Rio

Atual vice-campeão da segunda divisão carioca, o América-RJ vive um novo drama que ameaça o seu futuro na elite estadual. No grupo X, além da disputa de ponto a ponto contra o Nova Iguaçu, pela fuga da única vaga de rebaixamento, o Mecão concentra 23 baixas em seu elenco durante a pausa provocada pela Pandemia, e atualmente o elenco de Álvaro Gaia contém apenas 10 jogadores confirmados no boletim diário da Ferj, o BIRA.

Do elenco inicial composto por 33 jogadores profissionais, o time titular do América basicamente deixa de existir. Dentre as principais saídas, estão o experiente goleiro ex-Palmeiras, Deola, o lateral direito ex-Vasco, Wagner Diniz, o volante ex-Botafogo Lucas Zen, e o lateral esquerdo ex-Vasco também, Christianno. Demais titulares como os volantes Anderson Künzel e Araruama, o meia Flamel e o atacante artilheiro da segunda divisão na temporada anterior Bruno Veiga.

Experiente Deola deixa o clube após dois anos (Foto: Márcio Menezes/ América RJ)
Experiente Deola deixa o clube após dois anos (Foto: Márcio Menezes/ América RJ)

Momentaneamente 10 atletas permanecem registrados na Federação, e dos nomes remanescentes do time inicial, o atacante Marquinhos do Sul, ex-Vasco e Nova Iguaçu, é o mais experiente, com 26 anos. O clube profissionalizou em março dois jogadores, Jefferson e Matheus Moraes, ambos com 18 anos, e mantém mais oito atletas, incluindo Marquinhos, são eles:

Goleiro – Gabriel Palma (20 anos);

Lateral direito – Caio (20 anos);

Volante – Knupp (21 anos);

Meias – Guilherme Silveira (20 anos) e Renan Costa (20 anos);

Atacantes – Daniel (24 anos), Marquinhos do Sul (26 anos) e Marcos Vinícius (21 anos);

Oriundos da base – Jeferson (18 anos) e Matheus Moraes (18 anos).

Situação na elite

Sem avançar na seletiva estadual, o América foi rebaixado com o Americano e Nova Iguaçu para o grupo Z, o famoso grupo da morte, que define o único rebaixado para a segunda divisão. Com 3 pontos em duas partidas, o time está três pontos do Laranja da Baixada, único clube a não pontuar até então.

Com mais dois jogos pela frente, o time encara o Americano fora, e o Nova Iguaçu na última rodada, com o mando de campo. Ainda sem anunciar reforços ou confirmar mais promoções da base, o Mecão hoje, tem menos de um time titular garantidos para a sequência estadual.

VAVEL Logo