Irmão de Zico, Edu Coimbra relembra com humor quando família entrou para Guinness Book: "Ele estufou o peito"
Foto: Reprodução/TV Brasil

Maior ídolo da história do Flamengo, Zico foi o caçula de uma família repleta de jogadores de futebol. Antes de Arthur Antunes, outros atletas com o mesmo sobrenome já brilhavam nos gramados.

Antunes e Nando foram os primeiros. O primeiro teve algum renome no futebol; o segundo, pouco brilhou. Depois, veio Edu Coimbra. Segundo maior artilheiro da história do América-RJ, ele também teve passagens por Vasco, Bahia, Colorado e o próprio Flamengo. E ele possui uma história curiosa envolvendo Zico. A situação foi contada no podcast "Os Canalhas", do UOL Esporte. 

A profusão de jogadores em uma só família rendeu um recorde no Guinness Book para os Coimbra, de acordo com Edu.

"Eu recebi, de um jornalista no RJ que tava fazendo algumas pesquisas, que vocês, no planeta, formam a família que mais tem gols. Quando fui contar para o Zico, até brinquei com ele e disse que ele tava com 'peitinho de pombo'. Sempre brinquei com ele porque ele é muito quietinho e humilde. Mas, nesse dia, ele estufou o peito", relembrou o atleta.

A resposta de Zico o surpreendeu. "Ele me olhou e falou 'É, eu acho que só com os meus gols já dá para ser a maior'. Eu ri muito! Ainda perguntei para ele onde ficariam os meus quinhentos", riu Edu.

VAVEL Logo