Grêmio se manifesta sobre ida de Renato Gaúcho à praia: "Atividade de foro privado"
Foto: Reprodução/Grêmio

O Grêmio postou, nesta segunda-feira (22), uma nota oficial após o treinador Renato Gaúcho ser flagrado em uma praia no Rio de Janeiro. Mesmo com a volta às atividades da equipe, o técnico segue na sua residência na capital fluminense por fazer parte do grupo de risco da doença.

O clube classificou a atitude do treinador como "atividades de foro privado", sobre as quais o tricolor gaúcho não cabe responder, segundo a nota. O Grêmio reiterou que está seguindo todos os protocolos determinados por autoridades, além de sugerir aos funcionários alguns cuidados para evitar o contágio do novo coronavírus.

As fotos, circuladas nas redes sociais, mostram Renato Gaúcho sem máscara e jogando bola com amigos na praia. As regras de isolamento do Rio de Janeiro permitem a prática de esportes, sem que haja pessoas na areia. Até o momento, foram registrados 96.133 casos e 8.875 mortes de Covid-19, na capital fluminense.

Confira a nota oficial na íntegra:

"O Grêmio FBPA desde o início da pandemia do Covid-19 vem orientando seus colaboradores sobre cuidados necessários para barrar eventual contágio, além de implementar rígidos protocolos médicos e sanitários, seguindo todas as determinações das autoridades municipal e governamental, para preservar a integridade física de atletas, integrantes da comissão técnica e funcionários em geral.

Seguindo esta referência de procedimentos adotados pela instituição, o técnico Renato Portaluppi está sendo mantido, por recomendação médica, em isolamento social no Rio de Janeiro, onde reside. Neste sentido, mesmo não cabendo ao Clube responder por atividades de foro privado praticadas por seus profissionais, a instituição reitera que determinou a todos rigor e atenção à observância dos mesmos procedimentos sanitários estabelecidos para cumprimento no Centro de Treinamentos e fora dele."

VAVEL Logo