Goleiro da Chapecoense, João Ricardo é inocentado em julgamento por doping: "Sai um peso das costas"
Foto: Márcio Cunha/Chapecoense

Após mais de um ano para a solução do caso, o goleiro João Ricardo, da Chapecoense conseguiu provar, na última quarta-feira (24), sua inocência contra a acusação de doping.  O caso aconteceu após a partida de Copa do Brasil contra o Mixto-MT, em 2019, quando o exame antidoping apontou uso de substância proibida. 

“Estou extremamente aliviado e feliz com o fim dessa situação. Foi um pesadelo que jamais imaginei passar. Sempre fiz tudo dentro das normas e com orientação de profissionais. O que aconteceu, na verdade, foi uma contaminação cruzada do suplemento que eu uso", afirmou o goleiro. 

Liberado para entrar em campo, o goleiro recebeu apenas uma advertência pela situação e já pode atuar na próxima partida, diante do Avaí, na próxima quarta-feira (8), pelo Campeonato Catarinense

“De certa forma, é como se tivesse saído um peso das costas. Agora é pensar só dentro de campo. Estou ainda mais motivado e ansioso para que os jogos recomecem”, concluiu.

VAVEL Logo