São Paulo planeja confinamento em Cotia para proteger e unir elenco
Técnico do São Paulo, Fernando Diniz (Foto: Divulgação / SPFC

Após o jogador que havia testado positivo para coronavírus já está treinando com os companheiros de clube no CT da Barra Funda, o técnico do São Paulo, Fernando Diniz, tem seu elenco completo à disposição para os trabalhos com bola. As únicas ausências são Walce e Rojas, que ainda se recuperam de cirurgias no joelho e trabalham em horário diferente.

De olho na volta do Paulistão e início do Campeonato Brasileiro, o clube agora se organiza para iniciar um retiro no CT da base, na cidade de Cotia. A comissão técnica planeja a que a viagem aconteça na próxima quarta-feira (08) e fiquem confinados junto ao atletas de sete a dez dias.

Tudo isso serve para, além de minimizar os riscos de contágio pelo novo coronavírus, o grupo se unir mais e retomar o foco nas competições. O mesmo ocorreu na pré-temporada em janeiro, sob comando do próprio Fernando Diniz. E caso a viagem seja confirmada para quarta-feira, o São Paulo fará novos testes de Covid-19 na segunda-feira (06) para constatar que se 100% dos atletas e funcionários estão liberados para o confinamento.

VAVEL Logo