Fluminense ganha ânimo extra para encarar Flamengo nas finais do Carioca
Jogadores tricolores com o troféu da Taça Rio 2020 (Foto: Lucas Merçon / Fluminense)

Muitos apontavam o Fluminense com pouquíssimas chances de derrotar o Flamengo na final da Taça Rio. E de certa forma, com razão. Pós paralisação do campeonato, o Tricolor ainda não tinha vencido nenhuma partida e não havia marcado um gol sequer.

Foram dois empates sem gols contra Macaé e Botafogo e uma derrota acachapante para o Volta Redonda por 3 a 0. Além disso, para o jogo contra o rival, o Fluminense estava desfalcado de dois de seus principais atletas, o meio-campista Paulo Henrique Ganso e o atacante e ídolo tricolor Fred.

Mesmo com o cenário ruim, o Fluminense não se acovardou. Enfrentou de igual para igual o Flamengo na noite desta quarta-feira (08) no Maracanã e com grande atuação do goleiro Muriel na disputa por pênaltis, após empate em 1 a 1 no tempo normal, o Fluminense sagrou-se campeão da Taça Rio.

Ser o melhor do segundo turno aumentou os ânimos da equipe do técnico Odair Hellmann. De franco atirador, o time demonstrou em campo que tem condições de vencer o rival e levar para as Laranjeiras o 32° título do Campeonato Carioca.

Agora, o desafio do Tricolor será melhorar a parte física. Na final, após abrir o placar ainda no primeiro tempo, o Fluminense sentiu o pouco período de treinamento e não teve forças para segurar o resultado. A equipe voltou a treinar apenas cerca de um mês após o Flamengo retornar aos treinamentos.

Dessa forma, o ânimo está restabelecido. A vontade de vencer está estampada nos rostos dos atletas tricolores. A superioridade adversária ainda é um desafio a ser superado.

Toda a conclusão será vista no próximo domingo, às 16h, e na próxima quarta-feira, às 21h30, no Maracanã.

VAVEL Logo