Atacante da Chapecoense, Roberto é internado com Covid-19
Foto: Divulgação/Chapecoense 

Neste domingo (12), a Chapecoense jogaria com o Avaí, em busca de uma vaga nas semifinais do Campeonato Catarinense, no estádio da Ressacada. No entanto, a partida foi cancelada pelo governo estadual e pela Federação Catarinense de Futebol (FCF) após a confirmação de 14 casos positivos do Covid-19 na Chape.

Um dos diagnosticados com o novo coronavírus, o atacante Roberto foi internado m um hospital particular em Chapecó, após apresentar falta de ar e segue em observação. Ele esteve no banco de reservas na última quarta-feira (8), quando a Chape venceu o Avaí por 2 a 0 na partida de ida das quartas de final do Catarinense.

Em seu perfil no Instagram o jogador postou uma foto deitado no leito com a legenda "Maior desafio da vida". Oficialmente a Chapecoense não confirma os 14 casos que testaram positivo para Covid-19. No entanto, por meio de uma nota oficial confirmando o cancelamento do jogo contra o Avai, o governo do estado citava o número e contaminado no clube para justificar o adiamento.

Diante da situação, a Chape prepara uma nova rodada de testes RT-PCR em todos os funcionários o clube, para a próxima terça-feira (14). Quem testou positivo já foi afastado.

VAVEL Logo