Fluminense ativo e dinâmico contra Flamengo cauteloso e oportunista
Foto: Alexandre Vidal/ C.R. Flamengo

Flamengo e Fluminense jogam nesta quarta-feira (15) a parte final da decisão do Campeonato Carioca 2020. Com a vantagem parcial após a vitória por 2 a 1 no primeiro jogo, o Rubro-Negro vive uma semana de incertezas, com a possível ausência de Rafinha e a provável saída do treinador Jorge Jesus, bastante cobiçado para o retorno à Portugal.

Grande surpresa do confronto, o Fluminense se tornou o adversário mais difícil do Flamengo neste estadual. Não por ser o grande rival da decisão, mas sim por conseguir impor seu ritmo de jogo, dificultando o avassalador estilo predominante do adversário que conseguiam imprimir com facilidade em seus adversários desde o ano passado.

Até o momento, o cenário é amplamente favorável ao Flamengo. Além do percentual em 91% de aproveitamento quando joga como mandante no Maracanã deste a chegada do Mister, o Fla tem em seu histórico nesta temporada, duas vitórias contra uma tricolor, e um empate — resultante no título da Taça Rio ao Flu, após vitória nas penalidades.

O Fla

O time de Jorge Jesus ostenta a melhor campanha geral da competição, e de quebra também tem o artilheiro do torneio: Gabriel Barbosa. Ainda sem perder desde a retomada da temporada, o Flamengo tem como ponto negativo, a sua semana mais instável desde quando o clube superou o Emelec nas oitavas de final da Libertadores em 2019.

Sem Gabigol, expulso nos minutos finais do primeiro jogo da decisão, e com João Lucas ainda em recuperação da contaminação de Covid-19, o Flamengo também pode ter um terceiro desfalque. Lateral direito titular, Rafinha se lesionou no tornozelo, e o clube trata internamente sua possibilidade de jogo. Caso o jogador não tenha condições, a única opção será o jovem Matheusinho ou Mister terá de improvisar. Rodrigo Caio e Berrío são nomes que já trabalharam ocasionalmente na posição.

Em contrapartida a boa fase de Pedro, autor de 2 gols nos dois últimos jogos contra o Fluminense, deve ser o titular. O time acumula as vitórias por 3 a 2, na semifinal da Taça Guanabara e esta última, por 2 a 1, na final estadual ao seu favor. Um simples empate garante o título Rubro-Negro.

O Flu

Apesar de viver o melhor momento da sua temporada, o Fluminense terá grandes desafios para quebrar o jejum estadual, onde não é campeão desde 2012. Primeiramente, ser o time a vencer o Fla de Jorge Jesus dentro de seus domínios como visitante — nesta temporada o Flu venceu o Fla reserva, mas como mandante. E também, reverter a desvantagem parcial de 1 gol contra os Rubro-Negros. O time tricolor precisa vencer a partida de dois gols para ser campeão diretamente, ou uma vitória com um gol de diferença leva para os pênaltis.

O time de Odair Hellmann a princípio não deverá ter Paulo Henrique Ganso e nem Fred, ambos lesionados. A responsabilidade de manter o bom rendimento ofensivo será de Evanílson e Marcos Paulo. O meia experiente Nenê, será o principal articulador deste trio ofensivo.

A tática tricolor que desconfortou o Flamengo nos dois últimos clássicos, deverá ser novamente alçada. Precisando reverter o placar parcial, o Fluminense deverá ter as principais atitudes do confronto, com a exploração das laterais, em especial, com Egídio, que vai atuar no setor de Rafinha ou provavelmente um substituto improvisado.

Com a forte bola aérea e um veloz ataque, o Fluminense também tem como carta na manga, o volante Dodi, principal jogador da primeira partida, e que testou o goleiro Diego Alves, com boa finalização de fora da área.

Prováveis escalações

O Flamengo deverá ter de volta Léo Pereira ao lugar de Gustavo Henrique, que falhou no gol de Evanílson. Sem Gabigol, Pedro deverá ser a referência enquanto Bruno Henrique deverá voltar ao time titular depois de ser preservado no domingo.

Diego Alves; Rafinha (Matheusinho), Rodrigo Caio, Léo Pereira e Filipe Luís; Arão, Gerson, Everton Ribeiro, Arrascaeta e Bruno Henrique; Pedro.

Já o Fluminense deverá manter a mesma escalação, com a trinca de volantes resguardando o trio ofensivo que se destacou na última partida.

Muriel; Gilberto, Matheus Ferraz, Digão e Egídio; Hudson, Dodi e Yago Felipe; Nenê, Marcos Paulo e Evanílson.

A partida está agendada para 21h, no Maracanã. Sem acordo televisivo com a Rede Globo, o Flamengo negociou o jogo com o SBT e também transmitirá em seu canal no YouTube. A VAVEL Brasil faz a transmissão lance a lance em tempo real.

VAVEL Logo