Renato Portaluppi comemora desempenho dos jovens da base no Gre-Nal 425
Jogadores do Grêmio comemoram gol de Jean Pyerre no Gre-Nal 425. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio)

O Gre-Nal 425 marcou a retomada do futebol após a parada em função da pandemia provocada pela Covid-19 e o Grêmio saiu vitorioso pelo placar de 1 a 0. Com o desfalque de Cortez, que nem viajou a Caxias do Sul, Renato Portaluppi escalou Guilherme Guedes para a lateral esquerda do Grêmio. O jovem da base tricolor que fez sua estreia em Gre-Nal teve um bom desempenho e perguntado sobre isso o comandante gremista relatou.

"Hoje, perdemos o Cortez por conta da Covid, mas o Guilherme Guedes foi muito bem. Ninguém é dono da camisa. Nós queremos isso. O Grêmio disputa várias competições. É só dar a conta do recado na hora da oportunidade."

Além do estreante Guilherme Guedes, os outros destaques do Grêmio também foram oriundos da base. Matheus Henrique tomou conta do meio campo e Jean Pyerre, autor do gol da partida, tiveram suas atuações destacadas pelo técnico.

"Não é surpresa o Matheus Henrique ter tomado contado do meio-campo hoje. Ele vem crescendo muito de produção. O Jean Pyerre é muito talentoso. Qualidade muito grande com a bola no pé. É muito parecido com o Luan, e as cobranças também são. Ele precisa aproveitar mais o talento e precisa participar mais da partida sem a bola", acrescentou.

Durante o segundo tempo, o Grêmio teve em campo seis atletas oriundos da base ao mesmo tempo (Darlan, Guilherme Guedes, Matheus Henrique, Jean Pyerre, Éverton e Pepê), o técnico gremista ressaltou o trabalho junto a base gremista:

"É um trabalho que viemos fazendo desde 2016. Eu gosto de trabalhar com garotos, e base faz um excelente trabalho. Nós vamos lapidando. Quando precisamos deles, sempre dão conta do recado", destacou.

Invencibilidade

Com a vitória no clássico,  o tricolor gaúcho manteve invencibilidade de oito jogos contra o seu maior rival. Nesse período foram quatro empates e quatro vitórias por parte do Grêmio. Além disso, a dupla de zaga formada por Pedro Geromel e Kannemann seguem sem nunca terem sido derrotados em clássicos, totalizando nove confrontos de invencibilidade. Apesar dos números, Renato Portaluppi ressaltou o equilíbrio dos clássicos.

"O clássico é sempre muito difícil e equilibrado. Os últimos têm sido assim. Clássico nunca tem favorito. O importante é que entramos concentrados e focados na vitória. A minha equipe se portou muito bem", concluiu.

O próximo jogo do Grêmio dever ser no próximo domingo (26), contra o Ypiranga, às 11 horas, entretanto a Federação Gaúcha de Futebol (FGF) ainda não confirmou os horários e sedes dos confrontos. A intenção do Grêmio é que o jogo ocorra no CT de Eldorado do Sul, pois os jogos em Porto Alegre estão proibidos.

VAVEL Logo