São Paulo mira liderança geral do Paulistão em duelo contra Red Bull Bragantino
Alexandre Pato durante o treinamento da última quarta-feira (22) (Foto: Divulgação/ Twitter São Paulo)

São Paulo e Red Bull Bragantino se enfrentam, nesta quinta-feira (22), pela 11ª rodada do Campeonato Paulista. A partida será disputada no Morumbi, na capital paulista, às 20h. As duas equipes já estão classificadas para a próxima fase da competição, mas os dois times enxergam o confronto como um teste que marca a volta do futebol.

Simulação da torcida e lista de pendurados

Por conta da pandemia, o Morumbi terá portões fechados para a torcida. Diante disso, o São Paulo preparou um sistema de sons no estádio para que sejam reproduzidos cantos da torcida.

Fernando Diniz vai com força máxima diante o Red Bull Bragantino. Em comparação ao último jogo do Tricolor – vitória contra o Santos, antes da pausa do futebol –, a única baixa é de Antony. Negociado com o Ajax, da Holanda, no começo do ano, o jogador já se apresentou ao clube holandês e não faz mais parte do plantel da equipe paulista. Pablo deve assumir a vaga pelo lado direito do ataque.

Além de não contar mais com o atacante, o São Paulo não conta com Walce e Rojas, que seguem se recuperando de suas lesões. Vale ressaltar que o São Paulo entrará com quatro jogadores pendurados. Entre eles, são Daniel Alves, Vitor Bueno, Bruno Alves e Tchê Tchê.

Provável escalação do São Paulo: Tiago Volpi, Juanfran, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves e Igor Gomes; Pablo, Pato e Vitor Bueno.

Sequência positiva

O Red Bull Bragantino também entrará em campo com força máxima. Antes da pausa da competição, o time comandado por Felipe Conceição vinha com uma sequência de três vitórias consecutivas.

O único desfalque do time de Bragança é do lateral-direito Aderlan, que cumpre suspensão. Assim como o São Paulo, o Braga entra com quatro jogadores pendurados. Ligger, Barreto, Morato e Matheus Jesus são os atletas que integram a lista.

Provável escalação do Red Bull Bragantino: Julio Cesar, Weverton, Léo Ortiz, Ligger e Edimar; Barreto, Matheus Jesus e Vitinho; Artur, Ytalo e Morato.

VAVEL Logo