Pablo marca dois, mas São Paulo leva virada do RB Bragantino no Morumbi
Foto: Ari Ferreira/Red Bull Bragantino: 

Classificado para o mata-mata do Campeonato Paulista, o São Paulo perdeu a chance de assumir a ponta da classificação geral ao levar 3 a 2 do Red Bull Bragantino nesta quinta-feira (23) no Morumbi

Em jogo com duas viradas, Pablo abriu o placar mas o time comandado por Fernando Diniz não segurou a vantagem e ainda levou três gols. Com este resultado, o Red Bull Bragantino avançou para as quartas de final com a melhor campanha do Campeonato Paulista.

Substituto de Antony, vendido para o Ajax, Pablo assumiu a titularidade na ponta direita e correspondeu ofensivamente ao marcar dois gols. No entanto, o setor defensivo apresentou falhas e ninguém conseguiu frear o atacante Artur, destaque do jogo com um gol e uma assistência.

  • Show de Pablo e "lei do ex"

O jogo começou elétrico, com dois gols nos primeiros 15 minutos. Pablo abriu o placar aos sete, cabeceando para baixo. O gol surgiu de uma jogada entre Reinaldo e Vitor Bueno pela ponta esquerda. O camisa 12 quase ampliou após chute na entrada da área, mas a bola saiu à direita do gol

O empate do Red Bull Bragantino saiu dos pés de Matheus Jesus, que finalizou aos 11 minutos após triangulação com Artur, que roubou a bola de Reinaldo e tocou para o volante acertar o gol de Tiago Volpi. 

A virada aconteceu ainda no primeiro tempo, aos 34 minutos, em jogada de Morato, que recebeu um lançamento, driblou Arboleda e mandou para o gol.

Um toque de calcanhar de Daniel Alves terminou com mais um gol de Pablo aos 38 minutos. Ele chutou de fora da área e acertou o canto direito do goleiro Júlio César.

Com participação discreta até então, Pato teve a chance de deixar o dele aos 44 minutos. Ele recebeu lançamento de Daniel Alves e chutou por cobertura, mas Ricardo Ryller evitou o gol.

  • Virada e vaga nas quartas

Os times voltaram do intervalo sem alterações. Pato se movimentou bastante na etapa final e finalizou duas vezes em quinze minutos, mas ambas as tentativas saíram para fora.

A resposta do Bragantino veio aos 20 minutos com Artur, que driblou Reinaldo e chutou colocado de pé esquerdo para acertar o ângulo de Volpi: 3 a 2 no Morumbi.

Como estava atrás no placar, o técnico Fernando Diniz repetiu a estratégia adotada em jogos anteriores ao sacar o zagueiro Arboleda e o lateral-direito Juanfran. Sendo assim, o São Paulo terminou o jogo apenas com um zagueiro (Bruno Alves) e um lateral (Reinaldo) de origem.

Mesmo assim, o tricolor não conseguiu transformar as chances criadas por Hernanes e Paulinho Bóia em gols. Do outro lado, Claudinho arriscou de longe mas Tiago Volpi mostrou que estava ligado e segurou sem problemas. A arbitragem deu cinco minutos de acréscimo, mas ninguém conseguiu marcar e o jogo terminou 3 a 2.

Pendurados, Daniel Alves e Tchê Tchê foram advertidos com o cartão amarelo e desfalcam o São Paulo contra o Guarani no final de semana. Já o Red Bull Bragantino encerra a fase de classificação do Campeonato Paulista contra o Botafogo-SP. Todos os oito jogos da última rodada acontecem no domingo (26), às 16h (de Brasília).

 

VAVEL Logo