Pretendido pelo Flamengo, Carlos Carvalhal anuncia saída após fazer história com Rio Ave
Foto: Divulgação/Rio Ave

Carlos Carvalhal conseguiu feito extraordinário neste sábado (25). O Rio Ave alcançou a quinta colocação do Campeonato Português, que dá vaga no segundo play-off da Europa League. Na mira do Flamengo, o treinador de 54 anos alcançou o recorde de pontos do time na liga e igualar a melhor classificação também.

O Rio Ave fecha o Português em quinto lugar, repetindo os feitos máximos de 1982 e 2018. E é assim que classificação à Liga Europa valoriza o treinador. Agora, seu nome fica em evidência na terra lusitana e portas de outros mercados se abrem como na Inglaterra, onde trabalhou no Swansea (Premier League) e no Sheffield Wednesday, (segunda divisão). Isso porque já é público que Carvalhal está de saída.

"Felizmente temos nestes últimos anos atravessado uma situação que não será nova. Está assumido que Carvalhal não vai continuar no Rio Ave com muita pena minha. Tentei, mas saberia que ia ser difícil. Respeito o clube e o Carvalhal é um treinador de um clube grande. Pode desempenhar as suas funções num clube grande e se Deus quiser isso vai acontecer. Potenciamos treinadores e sentimos que valorizamos o nosso futebol com o mister Carvalhal", disse Antônio Silva Campos, presidente do Rio Ave.

Pelo discurso de Antônio, percebe-se o quão marcante é a passagem de Carvalhal no clube da Vila do Conde. Por sua vez, o treinador confirmou que está de saída, mas não apontou seu destino. Ele disse que pode ir para longe ou para perto de Portugal.

"Vou descansar amanhã (domingo), vou pensar bem e conversar com a minha família. Vou ver o que é melhor, poderei ir para muito longe ou para relativamente perto. Não sei, vou ver. Tomarei a melhor decisão. As minhas decisões são sempre balizadas pela minha família. Eles têm sempre uma palavra nas minhas decisões. Vamos ver se há condições para ir para longe, logo verei [...] A partir de segunda-feira vou focar-me no melhor para mim. Estarei sempre grato e agradecido por ter representando o Rio Ave", contou Carvalhal.

"Flamengo? Não sei, muito sinceramente. Nunca tive tantas propostas concretas na minha vida como neste momento. As propostas vieram pela qualidade de jogo. Vieram mais por aí", comentou o treinador.

Agora, Marcos Braz (VP de futebol) e Bruno Spindel (diretor executivo de futebol) têm mais tranquilidade para ajeitar conversas com Carlos Carvalhal. Ainda há o espanhol Domènec Torrent, ex-auxiliar de Pep Guardiola, na lista de desejos.

VAVEL Logo