Após eliminação contra Chape, Rodrigo Santana diz que Avaí tem que 'tirar lições' para Série B
Foto: André Palma Ribeiro/AvaÍ FC

Melhor time da primeira fase, o Avaí decepcionou e foi eliminado pela Chapecoense nas quartas de final do Campeonato Catarinense. Após perder em Chapecó por 2 a 0, o Leão não saiu do 1 a 1 na Ressacada, nesta quinta-feira (30), e deu adeus à disputa pelo bicampeonato estadual.

Para o técnico do Avaí, Rodrigo Santana, o seu time se precipitou após abrir o placar e não conseguiu trabalhar com o resultado que havia conseguido - o empate da Chape saiu poucos minutos depois.

"Apesar de termos jogadores experientes, nos faltou um pouco de experiência depois que nós marcamos o gol. Tínhamos que reter a bola, rodar ela. A estratégia era ir para o intervalo com, pelo menos, 1 a 0. Agora é trabalhar, tirar lições e levantar a cabeça que temos uma Série B pela frente", disse.

Santana também destacou a postura da Chapecoense, que, para ele, apostou em uma estratégia defensiva para garantir a vaga.

"Depois da pandemia vocês podem ver, os times estão jogando de maneira reativa, por uma bola. É complicado depois desse tempo parado e com trabalhos limitados por essa situação".

O Avaí agora se prepara para a estreia da Série B, que acontece diante do Náutico, na Ressacada, no próximo sábado (8), às 19h.

VAVEL Logo