Cleiton brilha na disputa de pênaltis e garante Red Bull Bragantino na final do Troféu do Interior
Cleiton comemorando o pênalti defendido que garantiu classificação do Red Bull Bragantino à final (Foto: Divulgação/ Instagram Red Bull Bragrantino)

Red Bull Bragantino e Botafogo-SP se enfrentaram neste sábado, 1, no Canindé, pela semifinal do Troféu do Interior de 2020. Com gols de Wellington Tanque e Matheus Jesus, a partida terminou empata em 1 a 1. Nos pênaltis, com duas defesas de Cleiton, o Braga levou a melhor e garantiu vaga à final da competição.

Parados na trave

A primeira e única grande do Botafogo-SP no primeiro tempo foi apenas aos 20 minutos. Ronald deu belo passe e encontrou Wellington Tanque dentro da área, que tocou na saída de Cleiton e a bola foi na trave. Na sequência, o zagueiro Léo Realpe afastou o perigo.

O Red Bull Bragantino chegou com perigo aos 42 minutos. Claudinho cobrou escanteio e Alerrandro desviou de cabeça, mas a bola bateu na trave e ainda tocou em Darley.

Não tiveram grandes chances de gol na primeira etapa, mas as duas equipes mostraram disposição em segurar a bola e dominar os espaços do campo antes de efetivar uma oportunidade para ampliar o placar.

Gols e decisão nos pênaltis

O Pantera começou com tudo na segunda etapa. Aos 12 minutos, Ronald recebeu pela direita e tentou cruzar para Wellington Tanque no meio da área. A defesa do Red Bull Bragantino afastou mal e a bola sobrou para Matheus Anjos, que chegou batendo de primeira no canto, mas Cleiton defendeu com tranquilidade.

A história da partida mudaria aos 17 minutos. Matheus Anjos cobrou falta e mandou a bola no meio da área, e Wellington Tanque desviou de cabeça para tirar o empate do placar.

O Botafogo-SP ainda quase ampliou aos 20. Matheus Anjos cobrou escanteio pela direita e Robson desviou de cabeça, mas a bola saiu raspando a trave direita de Cleiton.

O Red Bull Bragantino conseguiu empatar aos 34 minutos. Aderlan recebeu pela direita e mandou para o meio da área. A bola chegou até Matheus Jesus, que ajeitou e chutou cruzado para fazer o primeiro do Braga na partida.

Após o empate de 1 a 1 no tempo regulamentar, a partida foi decidida nos pênaltis. Ambos os times mantiveram 100% de aproveitamento nas três primeiras cobranças de cada lado. Até que na sétima cobrança – a quarta do Botafogo-SP – Calabres bateu e Cleiton defendeu.

Artur converteu a quarta cobrança e manteve a conversão efetiva do Braga. Guilherme Romão foi à bola precisando fazer para deixar tudo igual, mas Cleiton, mais uma vez, fez grande defesa e garantiu o Red Bull Bragantino na final do Troféu do Interior.

E agora?

O Red Bull Bragantino enfrenta o Guarani na decisão do Troféu do Interior. A partida será disputada na próxima terça-feira, 4, às 20h.

VAVEL Logo