Tira-teima: Athletiba decide título do Paranaense e quem se sobressai no retrospecto do clássico
Foto: Divulgação/Coritiba FC

O Coritiba recebe a equipe do Athletico na noite desta quarta-feira (05), às 20h, no Couto Pereira, pela segunda partida da final do Campeonato Paranaense de 2020. No jogo da ida o Furacão venceu por 1 a 0 com gol de Léo Cittadini já no fim da partida, aos 45 minutos do segundo tempo.

O Coritiba precisa vencer por dois gols ou mais de diferença para levar o caneco. Em caso de vitória do Coxa por apenas um gol a mais, teremos decisão por pênaltis. Empate ou vitória do Furacão leva o título para a Arena da Baixada.

Esta será a 19ª vez que as duas equipes decidem o título do Campeonato Paranaense. O Athletico derrotou o rival alviverde nas decisões de 1943, 1945, 1983, 1990, 1998, 2000, 2005, 2016 e 2018. Do outro lado, o Coritiba despachou o Furacão nas finais de 1941, 1968, 1972, 1978, 2004, 2008, 2012, 2013 e 2017.

Coxa deve manter escalação; Rafinha busca quinto título estadual pelo clube

O comandante alviverde deve manter a mesma escalação do primeiro jogo para a partida desta quarta-feira. Patrick Vieira e Matheus Galdezani devem começar no 11 inicial. Os dois saíram durante a primeira partida, mas foram monitorados pelo clube e estão à disposição de Barroca.

Quem ainda está fora é Matheus Sales, que já até voltou às atividades físicas, mas não é opção.

O Coxa deve jogar com: Alex Muralha; Patrick Vieira, Rhodolfo, Sabino e William Matheus; Nathan Silva, Matheus Galdezani e Gabriel; Rafinha, Robson e Igor Jesus.

Em caso de título, será a quinta conquista de estadual do meia Rafinha pelo Coritiba. O camisa 7 foi campeão pelo clube nas edições de 2010, 2011, 2012 e 2013, com todos as decisões sendo, curiosamente, em cima do grande rival, Athletico. Em números totais, Rafinha tem 212 jogos e 47 gols nas duas passagens pelo clube.

Bissoli é dúvida para a volta; Santos e Nikão buscam quinta taça pela equipe

O jovem goleador da equipe de Dorival Júnior virou dúvida para o segundo jogo da final do estadual após sofrer um edema na coxa. Bissoli ainda vai ser reavaliado no dia do jogo, mas pode ficar de fora.

Caso Bissoli não possa jogar, Dorival pode improvisar Carlos Eduardo pelo meio. Se quiser alguém mais acostumado com a posição, a alternativa se torna Pedrinho. Jajá é também uma solução, mas corre por fora.

A escalação do Furacão deve ser: Santos, Adriano, Lucas Halter, Thiago Heleno, Abner; Wellington, Cittadini, Marquinhos Gabriel; Nikão, Carlos Eduardo, Pedrinho (Bissoli).

Em caso de título do Athletico, o goleiro Santos e o atacante Nikão conquistarão a taça de número cinco pelo clube. Eles conquistaram a Sul-Americana, Copa do BrasilJ. League/Conmebol e um Estadual cada. Eles podem ainda encostar em Caju, Flávio e Gabiru, que são os jogadores com maior número de títulos pela equipe: seis.

VAVEL Logo