Roger Machado exalta defesa do Ceará e minimiza preocupação no Bahia quanto ao Campeonato Brasileiro
Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

Precisando reverter o placar após perder o primeiro jogo da final da Copa do Nordeste para o Ceará por 3 a 1, o Bahia encontrou grandes dificuldades na partida desta terça (04), no Estádio de Pituaçu, e não conseguiu impor seu ritmo de jogo, incomodando pouco a defesa rival. Apesar dos problemas na criação e criatividade, o técnico Roger Machado rechaçou a possibilidade de tática previsível por parte do Tricolor de Aço.

"Não vi o nosso time previsível, vi parando em uma defesa muito bem posicionada. Previsibilidade em nenhum momento a gente mostrou. Nós tentamos entrar de todas as formas, pelos lados, por dentro, com cruzamentos e chutes de fora, porém, a defesa bem postada do Ceará e com a vantagem do primeiro jogo prevaleceu ao nosso ataque", disse o comandante.

Questionado se a forma como a derrota se deu, contra um adversário de mesmo nível e que também disputará a Série A do Brasileirão, preocupa para a disputa da competição nacional, Roger mostrou tranquilidade.

"É uma final de campeonato com dois times de Série A e que chegaram a final da competição (Copa do Nordeste) com seus méritos nas fases anteriores. Perder uma final nunca é bom, ainda mais para um adversário de mesmo nível, porém, foram dois jogos decisivos que prevaleceu quem cometeu menos erros e merecidamente o adversário se tornou campeão", concluiu o treinador.

VAVEL Logo