Brusque passa pelo Juventus e volta à final do Catarinense após 28 anos
Foto: Lucas Gabriel Cardoso/Brusque FC

O primeiro finalista do Campeonato Catarinense é o Brusque. A equipe quadricolor ficou no 0 a 0 com o Juventus nesta quarta-feira (5) no Estádio Augusto Bauer e avançou porque tinha vencido o jogo de ida por 3 a 2.

O adversário do Brusque na disputa pela taça do estadual sai nesta noite após o confronto entre Chapecoense e Criciúma. Além da vaga, a equipe também se garantiu na Copa do Brasil de 2021.

Assim, o time de Jaraguá do Sul buscava a final inédita. Como perdeu em casa, o Juventus-SC foi pra cima logo no começo e Denner finalizou com perigo aos cinco minutos, assustando o goleiro Zé Carlos.

Pablo, Luiz Henrique, Airton e Marllon também se movimentaram no ataque, mas o Brusque conseguiu conter a pressão. Aos 32', o Brusque respondeu com Thiago Alagoano, mas o chute passou à direita do gol.

No final do primeiro tempo o jogo esquentou. Marllon fez jogada individual, mas Zé Carlos defendeu sem sustos, e logo na sequência Ianson cabeceou e a bola explodiu no travessão.

Mas, no minuto seguinte, aos 43, o Brusque perdeu a chance mais clara do jogo. Thiago Alagoano mandou a bola na trave e o companheiro de ataque Edu ficou com a sobra, mas aí o artilheiro que estava com o gol aberto pegou mal na bola e ela subiu demais.

No segundo tempo, após cobrança de escanteio Zé Carlos espalmou uma cabeçada de Allan. Artilheiro do Campeonato Catarinense, Edu teve mais duas chances, uma aos nove e outra aos 14, mas na primeira o goleiro Hudson Júnior defendeu e na outra o chute saiu pela linha de fundo.

Aos 19, o lateral Edílson deixou o gramado de maca após sofrer uma falta e foi substituído por Gustavo Henrique. Enquanto isso, o Juventus-SC buscava o gol, mas nem João nem Marllon tiveram sucesso. O Brusque administrou a vantagem e conseguiu segurar o empate que o levou à final do Campeonato Catarinense.

De volta à final

Campeão em 1992, o Brusque ficou em segundo lugar na primeira fase do Campeonato Catarinense e no mata-mata também deixou para trás Joinville e Juventus-SC, que tinha eliminado o Figueirense. Na primeira parte do campeonato, o Quadricolor venceu tanto Criciúma (3 a 1) quanto Chapecoense (1 a 0) e agora aguarda o desfecho da outra semifinal para saber quem será o outro finalista.

VAVEL Logo