Grêmio vence Gre-Nal, conquista segundo turno do Gaúcho e
encara final contra Caxias
Foto: Lucas Uebel/Grêmio

O Gre-Nal 426, acabou com vitória do Grêmio por 2 a 0, em gols marcados por Maicon e Isaque. Em 2020, em quatro Gre-Nais disputados, o Grêmio conquistou três vitórias e um empate, sem sofrer gol em nenhuma partida. Ambas equipes chegaram para o Gre-Nal com desfalques importantes.

Pela parte do Grêmio, foram 2 desfalques, ambos nas laterais e por dores musculares. Na lateral esquerda, Guilherme Guedes foi desfalque e na lateral direita, Orejuela entrou na vaga de Victor Ferraz. Pelo lado do Inter, o único desfalque foi do lateral direito Saravia, expulso na semifinal contra o Esportivo, na vaga dele entrou Rodinei.

A partida

Até a metade do primeiro tempo, as principais chegadas ficaram a cargo do Grêmio. Orejuela em dois momentos levou perigo a meta colorada, no primeiro em chute rasteiro a bola saiu para linha de fundo e em invadiu a área colorada e Marcelo Lomba e na dividida o goleiro colorado levou a pior e foi paralisado o jogo para seu atendimento.

Após a paralisação o Inter levou perigo ao Grêmio em dois chutes de longe, com Rodinei e Marcos Guilherme. Porém, logo depois o Grêmio respondeu e levou perigo em finalizações de Matheus Henrique passando próximo a trave direita do Inter e depois Éverton finalizou forte da entrada da área e o goleiro colorado fez bela defesa.

Apesar das chances criadas, o jogo foi para o intervalo empatado. Com 68% de posse de bola, nove finalizações e quatro finalizações em gol, o Grêmio teve maior domínio no primeiro tempo. Enquanto o time de Eduardo Coudet, finalizou por cinco vezes, com apenas uma em gol. Para o segundo tempo, somente o Grêmio fez alteração, saiu o volante Matheus Henrique amarelado e entrou Lucas Silva.

Logo no início do segundo tempo, em cruzamento de Éverton, Diego Souza escora para Maicon, na pequena área finalizar para o fundo da rede do Inter. Aos 10 minutos, o Inter respondeu, em jogada que Guerrero na área encontrou Galhardo livre sem marcação e a finalização foi para fora.

Com a vantagem no placar, o time gremista recuou a linha de marcação buscando as jogadas de contra-ataque com Alisson e Éverton pelas pontas. Por outro lado, o Inter teve mais dificuldade para criar chances, ficando em diversos momentos com a bola com os zagueiros e Musto, não encontrando melhores opções na frente. Por lesão, após dividida com Kannemann, Edenílson teve que ser substituído.

Na sua vaga, Coudet colocou Pottker avançando ainda mais seu time. Pelo lado gremista, Renato tirou o meia Jean Pyerre e colocou o jovem Isaque.

E aos 36 minutos do segundo tempo, brilhou a estrela do técnico gremista, após Moisés não afastar a bola da área colorada, Isaque acertou belo chute com a perna direita e ampliou a vantagem gremista.

Na comemoração do gol, Patrick partiu para cima de Orejuela e assim como no Gre-Nal válido pela Libertadores, a confusão se espalhou para os bancos dos dois times. Assim, o árbitro Vuaden expulsou Patrick e Orejuela. Além disso, os dois técnicos foram amarelados, assim como Paulo Victor também no banco gremista.

Devido a confusão, Vuaden definiu 10 minutos de acréscimo. Renato promoveu as suas duas últimas mudanças, saíram Alisson e Diego Souza e entraram Luciano e David Braz. Após as expulsões o ritmo de jogo do Inter diminui e assim o Grêmio teve mais 2 oportunidades claras de gol. Uma com Isaque finalizando para bela defesa de Marcelo Lomba e em outra Luciano puxou o contra-ataque e acionou cebolinha que driblou a marcação e finalizou, porém a finalização parou na marcação colorada.

Comemoração e despedida

Assim que Vuaden apitou o fim de jogo, o time gremista comemorou intensamente a vitória, mas no gesto do capitão Geromel de conceder a braçadeira de Capitão para Éverton levantar a taça do título do Segundo turno do Gauchão. Com o gesto, ficou evidente a iminente saída do atleta para o futebol europeu, com destino ainda indefinido.

Amanhã irá ocorrer reunião entre a Federação Gaúcha de Futebol e os finalistas, Caxias e Grêmio, para definir se a final será em jogo único no próximo domingo ou se manterá o pré-definido que seriam as finais em dois jogos. Por outro lado, o Inter terá pouco tempo para lamentar a sua terceira derrota em Gre-Nais no ano, pois no sábado às 19h30 a equipe estreia no Brasileirão, contra o Coritiba fora de casa.

VAVEL Logo