Na reestreia de Geninho, Avaí recebe Náutico na largada da Série B
Foto: Jamira Furlani/Avaí F.C.

Há mais de quatro anos sem se enfrentarem, Avaí e Náutico estreiam no Campeonato Brasileiro Série B neste sábado (8), em confronto marcado às 19h, na Ressacada. O Timbu busca quebrar jejum de quase 20 anos sem vencer fora de casa na primeira rodada da competição.

O último confronto das equipes foi em novembro de 2016, na Ressacada. Na ocasião, o Leão venceu por 3 a 0, gols de Marquinhos, duas vezes, e Rômulo. No ano seguinte o Leão disputou a elite, e no final da temporada o Náutico foi rebaixado a Série C. 

Com retrospecto acirrado, as equipes têm 13 confrontos na história. O time catarinense venceu seis, enquanto os alvirrubros carimbam cinco vitórias. O time pernambucano foi quem mais balançou as redes, anotando 19 gols, contra 16 do Leão. 

Leão quer esquecer início de temporada e mirar no título

Vindo de uma eliminação prematura nas quartas de final do campeonato estadual, o Avaí entra em campo com alto investimento. A equipe conta com um elenco experiente para a disputa da segunda divisão nacional. 

Após esta eliminação, o Avaí demitiu Rodrigo Santana e contratou Geninho, responsável pelos acessos do time em 2014 e 2018, e pelo título catarinense do ano passado. Esta é a terceira passagem do experiente treinador pelo Leão.

O Leão começa a Série B sem poder contar com Rildo, um veteranos da equipe. O atacante não deve jogar as duas primeiras rodadas da competição por lesão na coxa, sentida durante a partida contra a Chapecoense pelas quartas de final. 

O time catarinense também não poderá contar com os atacantes RômuloDaniel Amorim e Getúlio, além do meio campista Adryan, que passa por recuperação após cirurgia no joelho. 

Buscando esquecer o mau início da temporada, o Avaí estreia na segunda divisão focado em se superar na competição. Renato, atacante que está pela terceira vez no clube catarinense, quer o time brigando entre as primeiras colocações. 

"A Série B muito pegada, muito corrido, equipes com qualidade, creio que com o Náutico não seria diferente. Vi uns jogos da Copa do Nordeste e Pernambucano, é uma equipe forte que vai dar muito trabalho no campeonato. Mas vamos jogar em casa, e temos que dar nosso melhor para conquistar a vitória", afirmou o atacante. 

Provável escalação do Avaí: Lucas Frigeri; Arnaldo, Betão, Rafael Pereira, Capa; Ralf, Bruno Silva; Renato, Valdívia, Gastón Rodríguez; Jonathan.

Náutico tem mudança no sistema ofensivo e quer quebra de tabu

Sem vencer na estreia da Série B desde 2001, o Timba quer quebrar o jejum triunfando diante do Avaí na Ressacada. Para tal, o treinador Gilmar Dal Pozzo pode mudar esquema do Náutico para usar Jorge Henrique e Jean Carlos em campo. 

Com os atletas vivendo bom momento na carreira, mas atuando pela mesma posição, Dal Pozzo cogita alterar o estilo ofensivo da equipe para acomodar os dois meio-campistas. O empecilho para a mudança pode ser a condição física de Jean Carlos, que ficou duas semanas afastado após exame positivo de Covid-19. 

Buscando inteligência e profundidade, Gilmar quer surpreender o adversário. Também em boa fase, Dadá Belmonte pode começar o jogo entre os onze iniciais em Florianópolis, ocupando a vaga de Erick, com boa infiltração e finalização.  

"Todas as ações que ele toma são em direção ao gol, finaliza bem, é um goleador. Já conhecia o atleta, agora com cinco treinos, ele se credencia a iniciar o jogo. Está treinando muito bem e vai nos ajudar nessa Série B", afirmou o treinador. 

Para a partida, o Náutico conta com a possível baixa do lateral-direito Bryan, que aguarda resultado de exame para Covid-19, e o volante Jhonnatan, que sofreu lesão muscular e não deve jogar. 

Provável escalação do Náutico: Jefferson; Hereda, Carlão, Rafael Ribeiro, Willian Simões; Rhaldney, Wagninho, Jean Carlos; Thiago Fernandes, Dadá, Kieza.

VAVEL Logo