Fortaleza recebe Athletico Paranaense na abertura do Brasileirão
Foto: Miguel Locatelli/Site Oficial Athletico Paranaense

O Brasileirão 2020 começa neste sábado (8). Fortaleza e Athletico Paranaense se enfrentam às 19h (de Brasília) na Arena Castelão, no Ceará.

As equipes se enfrentaram pela última vez em setembro de 2019, quando Zé Ricardo comandava o Fortaleza e Tiago Nunes era o técnico do Athletico Paranaense. O rubro-negro goleou por 4 a 1.

Fortaleza confiante para a estreia 

Enquanto aguarda pela final do Campeonato Cearense, o tricolor volta a campo pela primeira vez após ser eliminado pelo Ceará na Copa do Nordeste. A derrota por 1 a 0 foi a única desde que o retorno aos gramados por conta da pandemia. Além disso foram cinco vitórias, sendo duas pelo torneio regional e três pelo Cearense, e um empate (Sport) para o time do técnico Rogério Ceni.

"A gente fica triste por de certa forma ter decepcionado nosso torcedor, mas sabemos do nosso potencial e temos condições de fazer uma grande Série A, esse é nosso objetivo. A gente sabe da qualidade do Athletico, que foi campeão agora, mas estamos preparados para fazer um grande jogo. Temos que entrar muito ligados e voltar a jogar nosso futebol", declarou o volante Juninho na véspera da estreia.

Provável escalação do Fortaleza: Marcelo Boeck, Tinga, Quintero, Paulão e Bruno Melo; Felipe, Juninho, Romarinho; Osvaldo Wellington Paulista e David.

Campeão paranaense joga com time misto

Desde que a bola voltou a rolar no Paraná, o Athletico realizou seis partidas, todas pelo estadual - quatro vitórias e dois empates.

Para minimizar o desgaste físico do elenco, o técnico Dorival Júnior optou por preservar cinco titulares para este jogo - Santos, Thiago Heleno, Wellington, Marquinhos Gabriel e Bissoli. Eles sequer foram relacionados para a partida.

Sendo assim, há expectativa pela estreia de reforços como o zagueiro Felipe Aguilar, o volante Richard e o atacante Geuvânio. Além deles, o clube acertou também o retorno do zagueiro Pedro Henrique, que estava no Corinthians.

Jovens formados no clube como o zagueiro Lucas Halter e os atacantes Bruno Leite e Pedrinho também podem ser aproveitados.

"Estamos melhorando a cada momento, buscando a crescente do clube como um todo, a cada conquista consolida cada vez mais essa bela história, mostra profissionalismo no trabalho que está sendo desenvolvido. Usar a base cria identificação do atleta com o clube, os meninos vão ocupando espaço, ganhando cancha e fico feliz por participar desse processo", comentou o treinador após a conquista do estadual.

Provável escalação do Athletico Paranaense: Jandrei; Khellven, Lucas Halter, Pedro Henrique e Abner; Richard, Christian e Léo Cittadini; Nikão, Carlos Eduardo e Pedrinho (Geuvânio).

VAVEL Logo