Preparação modificada: 12 profissionais do Fast Clube são diagnosticados com novo coronavírus
Foto: João Normando

Após bateria de exames, mais de dez profissionais do Fast Clube-AM testaram positivo para Covid-19. Entre eles estão o técnico Ricardo Lecheva, o motorista e o cozinheiro do clube, além do zagueiro Guilherme Moller, dos meias Dadá, Igor, Dênis Pedra e Charles e dos atacantes Daivison e Geraldo. Entre os atletas da academia de juniores, estão contaminados Flávio Henrique e Matheus Alves.

Tal situação resultou no cancelamento do treino da última segunda-feira. (10) O treinador recém-anunciado, Lecheva, comentou sobre o susto:

"Infelizmente acabamos, no sábado, sendo surpreendidos com os exames de Covid-19. Mas, tem o lado positivo. Eu sempre procuro focar no lado positivo de tudo na vida. Nenhum atleta ou membro da comissão têm sintomas", disse.

Enquanto o departamento médico procura ter todos curados na próxima quarta-feira (12), o restante do elenco segue em treinamento no CT da Ulbra, de olho na estreia na Série D do Brasileiro diante do Galvez-AC no dia 19 ou 20 de setembro.

VAVEL Logo