No sufoco, Cruzeiro vence Guarani em jogo movimentado pela Série B
Foto: Divulgação/Confederação Brasileira de Futebol

O Cruzeiro segue com 100% de aproveitamento na Série B 2020, mesmo chegando aos zero pontos - fruto de punição imposta pela Fifa. Nesta terça-feira (11), o triunfo veio ante o Guarani, no Brinco de Ouro da Princesa, em duelo válido pela segunda rodada da competição.

O 3 a 2, porém, foi cheio de alternativas ao longo da peleja. Teve golaço, pênalti polêmico e mais uma grande atuação de Fábio. 

Começo maluco

O jogo mal tinha começado quando Waguininho recebeu na ponta esquerda. O atacante dominou, trouxe para a perna direita e arriscou próximo da linha lateral ao ver Fábio adiantado. A redonda entra no ângulo esquerdo. Golaço.

O gol bugrino saiu aos dois minutos. Aos cinco minutos, porém, a peleja já estava empatada. Raúl Cáceres acionou Marcelo Moreno na ponta direita e ele cruzou rasteiro para Régis, que chegou chutando de primeira. 

Poderia sair mais um gol antes mesmo dos dez minutos. Aos sete, Maurício arriscou - e mandou a pelota à esquerda do gol de Jefferson Paulino. O Cruzeiro seguia buscando o gol. Com 18 minutos, em cobrança de falta, Régis tentou buscar o ângulo direito, mas não preocupou o sistema defensivo do Guarani.

Três minutos depois, Giovanni cruzou da ponta direita e Cacá apareceu na linha da pequena área. Com liberdade, ele encheu o pé e isolou a bola.

Não deu tempo de se lamentar, porém. Com 27 minutos, o Cruzeiro teve um pênalti marcado. Maurício adentrou a área pelo lado esquerdo e, após o contato com Pablo, caiu. Apesar dos protestos alviverdes, Marcelo Moreno cobrou no meio do gol e fez os mineiros virarem a partida.

Apesar de conseguir a virada, o Cruzeiro seguiu buscando o tento. Régis fez bela jogada individual aos 37 minutos e a redonda sobrou para Marcelo Moreno, que sequer dominou antes de finalizar. A redonda ganhou muita altura.

Cruzeiro prevalece em segundo tempo insano

No retorno da peleja, aos cinco minutos, Giovanni fez bela jogada com Maurício e finalizou forte, mas em cima de Bidu. Jean pegou o rebote e chutou forte demais. Um minuto depois, Bruno Silva deu de casquinha para o meio da área e Didi escorou por cima do travessão de Fábio.

O goleiro celeste passou a se destacar pouco depois, por sinal. Aos dez minutos, Lucas Crispim cobrou falta do lado esquerdo, aberto. Fábio espalmou. Na cobrança de escanteio, Waguininho cabeceou e o arqueiro foi buscar. O gol de empate, marcado por Bidu no rebote, 

Aos 17 minutos, Régios alçou bola na área e Marcelo Moreno cabeceou com direção ao gol. Sem força, Jefferson Paulino defendeu tranquilamente.

Experiente meio campista, Jean perdeu saída de bola aos 24 minutos e fez a alegria de Giovanni. Ele, então, tocou para Waguininho na ponta esquerda. Ao trazer de novo para o pé direito, ele chutou forte demais. 

Três minutos depois, porém, o empate veio. Bidu cobrou falta no lado direito, Junior Todinho desviou no primeiro poste e Didi, em posição irregular, finalizou noa bochecha esquerda de Fábio.

Mas a reação do Cruziro foi rápida outra vez. Aos 29 minutos, a equipe celeste já estava à frente do placar novamente. Após cobrança de escanteio de Raúl Cáceres, Jefferson Paulino saiu mal e Léo escorou: 3 a 2.

A tentativa de reação campineira veio aos 31 minutos. Giovanni recebeu na esquerda e chutou forte. Outra boa defesa de Fábio. Mas vinha mais por aí. Aos 38 minutos, Rafael Costa chutou forte da entrada da área e Cacá espanou. Um minuto depois, Pablo colocou a redonda na área e o mesmo Rafael Costa cabeceou par ao chão. Fábio defendeu bem. 

Classificação e próximos jogos

Na terceira rodada da Série B, o Guarani viaja para enfrentar o Botafogo, na Arena Eurobike, no próximo sábado (15), às 11h. Um dia depois, o Cruzeiro visita o Figueirense, às 16h.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore
VAVEL Logo