Sem vencer no Brasileirão, Raul Cabral diz que faltou tranquilidade ao Figueirense contra Vitória
Foto:Divulgação/Patrick Floriani/ FFC

O auxiliar técnico Raul Cabral do Figueirense, foi a novidade no empate em 0 a 0 contra o Vitória, no Estádio Orlando Scarpelli, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro Série B. Ele substituiu o treinador Márcio Coelho, que foi diagnosticado com Covid-19.

Na avaliação de Raul Cabral, o Furacão criou boas oportunidades durante os 90 minutos. No entanto a falta de tranquilidade foi um dos fatores para o empate sem gols diante do Vitória. Por um lado a equipe comemora por não ter a defesa vazada, por outro lamenta mais uma partida sem vitórias.

"Acho que temos que retomar a consistência defensiva de antes da pandemia, quando ficamos várias partidas sem sofrer gols. Acredito que a gente conseguiu voltar nesse trilho em relação à sustentação defensiva. Criamos oportunidades, tivemos oportunidades mais claras, em alguns momentos faltou tranquilidade na parte final, no último passe. Vamos trabalhar essa situação para a próxima partida", afirmou Raul Cabral.

Um resultado positivo contra o Vitória era o objetivo de Raul Cabral, mas o ponto somado não foi desmerecido pelo auxiliar do Furacão. O resultado, aliás tirou o clube da zona de rebaixamento, e agora é o 16º colocado.

"Não vencemos, mas a Série B é uma disputa muito equilibrada e é importante pontuar. Vamos voltar a fazer grandes jogos e, se tudo der certo, conseguir os três pontos", completou.

O próximo compromisso do Figueirense na Série B do Campeonato Brasileiro é contra o Cruzeiro. O confronto acontece no domingo (16), às 16h, na capital. Raul Cabral vai comandar o time novamente.

VAVEL Logo