Autor de gol contra o Flamengo, Jorginho admite que teve Covid-19: "Fiquei 14 dias isolado"
Foto:Heber Gomes/AGF

Autor de um dos gols da vitória do Atlético-GO sobre o Flamengo, por 3 a 0, na noite desta quarta-feira (12), pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, o meia Jorginho falou na saída de campo para o intervalo que teve Covid-19 e precisou ficar 14 dias isolado em casa.

O meia comemorou a recuperação do novo coronavírus contraída em julho e exaltou a estreia no Brasileirão com vitória e gol — na primeira rodada, o Dragão não atuou: "Fiquei 14 dias isolado em casa, sozinho, solitário. Tive pouco tempo para trabalhar. Foram cinco dias. Mas jamais deixei de acreditar que eu iria estrear bem. Estreia boa, com gol."

"Ficamos cinco meses sem jogar uma partida oficial, mas jamais deixamos de treinar. Todos os dias nós treinamos durante esses cinco meses. Hoje veio o resultado", completou.

Jorginho não é um dos quatro jogadores que testaram positivo na terça-feira (11) e que precisaram de recurso junto à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para poderem atuar. O atleta já havia se recuperado na semana passada, quando foi reintegrado ao elenco rubro-negro.

Após a vitória sobre o Flamengo, o Atlético-GO usou as suas redes sociais para lembrar do Liverpool, que derrotou o time carioca na decisão do Mundial de Clubes do ano passado. "Pode vir, Liverpool", escreveu.

O Atlético-GO volta a campo no próximo domingo (16), às 19h (de Brasília), diante do Sport, no Estadio Olímpico Pedro Ludovico Teixeira, em Goiânia, pela terceira rodada do Brasileirão.

VAVEL Logo