São Paulo segura Fortaleza e vence no retorno de Rogério Ceni ao Morumbi
Foto: Divulgação/São Paulo FC

Para muitos, Rogério Ceni é o maior jogador da história do São Paulo. Hoje técnico do Fortaleza, o M1T0, como é carinhosamente chamado pela torcida são-paulina, voltou pela primeira vez ao estádio do Morumbi, nesta quinta-feira (13), pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

Acostumado a vitórias e títulos na cancha, Rogério Ceni saiu derrotado. Daniel Alves marcou o único tento paulista no final da primeira etapa. Apesar disso, o comandante do Leão do Pici deve ter saído com uma boa impressão. Se faltou qualidade técnica, sobretudo para aproveitar as chances criadas (principalmente no segundo tempo), a equipe da capital alencarina pressionou bastante o esquadrão paulistano.

São Paulo prevalece em duelo tricolor

As duas equipes entraram pressionadas. O São Paulo, 15 dias após cair nas quartas de final do Campeonato Paulista ante o Mirassol, tinha a vantagem do fator casa. O Fortaleza, ainda amargando a queda na semifinal da Copa do Nordeste ante o arquirrival Fortaleza.

Logo no primeiro minuto, após boa jogada individual, Yuri César fintou Reinaldo e chutou com perigo. Segundos depois, Felipe Alves quase saiu jogando errado, com Pablo próximo dele.

O jogo, que se avizinhava aberto no começo, viu o São Paulo ganhar terreno aos poucos. Daniel Alves e Pablo, principalmente, chamavam o protagonismo para si. Cada um arriscou, ao menos, duas vezes ao gol.

O Fortaleza foi chegar ao gol apenas aos 17 minutos. Em boa jogada de Romarinho, Bruno Melo chegou forte no lado esquerdo da área e Tiago Volpi defendeu. 

O lance foi importante para delimitar um novo momento da peleja. Os tricolores passaram a se equivaler em campo, sem predominância de equipe alguma. As chances de gol, por sinal, rarearam. Pablo e Tchê Tchê arriscaram pelo SPFC, Romarinho e Osvaldo pelo FEC.

Até os 43 minutos da segunda etapa. Livre, Reinaldo cruzou na medida para Daniel Alves, que finalizou de chapa para o fundo da rede. 

Para evitar a quarta derrota consecutiva, o Fortaleza voltou com tudo para a metade final do jogo. A primeira chance, por sinal, gerou a grande polêmica da partida.

Igor Liziero tentou sair jogando e entregou a redonda no corpo de Juninho. Ele finalizou no canto direito, sem chance para Tiago Volpi. Segundos depois, porém, o tento foi anulado porque, de acordo com o árbitro, o jogador teria dominado a bola com a mão. As câmeras de transmissão, porém, mostraram que a bola bateu na barriga do atleta.

Romarinho, em duas oportunidades, teve chances claras de gol. Com exceção de Daniel Alves, que buscava finalizar em alguns momentos, o São Paulo recuava e errava na transição ofensiva. 

Classificação e próximos jogos

Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro 2020, o São Paulo viaja para enfrentar o Vasco, no domingo (16), às 16h. No mesmo dia, às 19h30, o Fortaleza recebe o Botafogo.

VAVEL Logo