Guarani bate Botafogo-SP no Santa Cruz e conquista primeira vitória na Série B
Jogadores do Guarani comemorando o gol de Júnior Todinho (Foto: David Oliveira/ Guarani)

Botafogo-SP e Guarani se enfrentaram neste sábado (15), no Santa Cruz, pela terceira rodada da Série B. O Bugre venceu por 1 a 0 e conquistou sua primeira vitória na Série B. Júnior Todinho marcou para os visitantes no primeiro tempo.

Banho de água fria

Os mandantes tiveram baixar importantíssimas de última hora. O ponta Rafinha foi poupado por conta de desgaste muscular, e Matheus Anjos foi baixa na equipe por testar positivo a Covid-19. No entanto, foi o próprio Botafogo-SP que criou a primeira grande oportunidade da partida. Aos seis minutos, a bola sobrou para Calabres dentro da área e mandou uma bomba, mas a bola saiu pelo lado direito do gol.

O Pantera ainda apostou no ponto fraco do Guarani: bolas altas. Aos 15 minutos, após cobrança de escanteio, Wellington Tanque desviou de cabeça certeiro, mas a bola foi para fora. Após o lance, jogadores do time de Ribeirão Preto reclamaram de pênalti por conta do “agarra-agarra” dentro da área. Mais tarde, confiante após marcar os gols da vitória diante o Confiança, Ronald estava inspirado e mandou uma pancada de fora da área, mas Jefferson mandou para escanteio.

Por mais que não tivesse criado perigo, a primeira chegada do Guarani foi mais eficiente. Aos 37 minutos, Júnior Todinho recebeu lançamento na linha de fundo, se livrou da marcação de Guilherme Romão e mandou uma bomba. A bola foi no canto de Darley e o Bugre inaugurou o placar em Ribeirão Preto.

Vantagem numérica

Mesmo à frente do placar, os visitantes não se intimidaram e continuaram apertando o Botafogo-SP. Aos nove minutos, Waguininho recebeu lançamento, deu um “chapéu” em Val e mandou forte chute em direção ao gol, mas a bola foi para fora. O camisa 21 não teve nem tempo de respirar após quase o golaço que marcou. Na sequência, Lucas Crispim cruzou e o atacante isolou de cabeça.

Aos 22 minutos, Jordan e Júnior Todinho discutiram e cada um levou um cartão amarelo como advertência. Na sequência, o atacante do Bugre deu um tapa no rosto do zagueiro do time mandante e tomou o segundo amarelo na partida. Consequentemente, foi expulso.

Com um a mais em campo, o Botafogo-SP acreditava que a vantagem numérica de atleta poderia ser benéfica. A primeira chegada na segunda etapa do Pantera aconteceu apenas aos 24. Ronald partiu pela direita e cruzou. Wellington Tanque conseguiu desviar de cabeça, mas a bola saiu pela direita.

O Pantera esteve perto do empate aos 40 minutos. Após cruzamento de Jeferson, a bola chegava em Luketa, que tinha o gol livre. O jogador subiu e desviou de cabeça, mas a bola explodiu no travessão.  A vitória do Guarani acabou com a sequência de três derrotas consecutivas que o time vinha. Além disso, o clube de Campinas conquistou a primeira vitória na Série B.

Como fica a tabela?

A vitória sobre o Botafogo-SP fez com que o Guarani deixasse o Z-4 e assumisse a 11ª posição. O Pantera perdeu a oportunidade entrar no G-4 e sofre sua segunda derrota na Série B. O time de Ribeirão Preto passa a ocupar a nona colocação.

Classificações Sofascore Resultados

Próximos confrontos

O Botafogo-SP volta a campo pela Série B na próxima terça-feira (18), às 19h15, contra o Avaí. A partida será disputada no Estádio da Ressacada, em Florianópolis. Já o Guarani recebe o Paraná no Brinco de Ouro, às 21h30, também na terça-feira.

VAVEL Logo