Com
dois gols de Marrony, Atlético-MG fura boa marcação do Ceará e segue invicto no
Brasileirão
Foto: Divulgação/Atlético-MG

O Ceará deu muito trabalho, mas o Atlético-MG conseguiu mais uma importante vitória no início do Campeonato Brasileiro 2020. As equipes se enfrentaram neste domingo (16), no Mineirão, em jogo válido pela 3ª rodada da liga nacional. Com dois gols de Marrony no segundo tempo, o Galo venceu por 2 a 0 e continua invicto, com 100% de aproveitamento na classificação.

Estratégias e números

O técnico Jorge Sampaoli novamente mexeu na equipe mineira e hoje optou por mandar o time a campo no 4-3-3. Na defesa, Rafael no gol, Réver e Júnior Alonso na zaga e dupla de laterais formada por Guga e Allan (improvisado). No meio-campo, Jair foi o único volante escalado, enquanto Hyoran e Franco ficaram responsáveis por fazer a bola chegar na frente. No ataque, o trio Keno, Marrony e Savarino foi escolhido.

Guto Ferreira, por sua vez, preferiu escalar o Ceará no 4-5-1, povoando o meio-campo, enquanto na frente deixou somente um centroavante. Gabriel Lacerda e Luiz Otávio apoiaram o goleiro Fernando Prass na defesa; Samuel Xavier e Bruno Pacheco cuidaram das laterais. No meio, William Oliveira e Fabinho foram os volantes que auxiliaram na marcação, enquanto Lima, Sobral e Mateus Gonçalves trabalharam para que a bola chegasse ao centroavante Rafael Sobis.

Nos números, o Galo dominou a posse de bola na partida, sendo 61 contra 39% do adversário, mas nas finalizações houve mais equilíbrio: 11 chutes, sendo 6 no alvo, e os cearenses finalizaram em 13 oportunidades, porém com apenas um chute a gol. Os mineiros tiveram 474 passes (392 certos) contra 302 passes dos visitantes (232 certos).

Apesar da boa marcação, Ceará não conseguiu evitar a derrota

Os minutos iniciais da partida foram sem surpresas, com o Galo tentando chegar ao ataque, mas sem realmente oferecer perigo. A resposta do Ceará veio aos 13’, em jogada criada pelo lado esquerdo, porém o lance não foi aproveitado.

Embora estivessem com dificuldades de atacar, os visitantes conseguiram controlar bem a partida na primeira etapa, para desespero de Sampaoli, que percebeu sua equipe sem a costumeira velocidade em campo, já que o time cearense executou bem a marcação e não deixou o Atlético-MG ter muita facilidade na frente.

Os times usaram muito o lado esquerdo para criar as oportunidades, o que fez o clube mineiro acionar muito pouco o lado direito. Hyoran foi um dos destaques por parte dos anfitriões, enquanto o experiente Rafael Sobis foi bem participativo por parte dos visitantes. Nas vezes em que foi acionado, o goleiro Fernando Prass defendeu os chutes com tranquilidade. Com isso, o jogo terminou em empate sem gols no primeiro tempo.

Na volta do intervalo, o Ceará voltou mais ousado e mais disposto ao ataque, mas claro, sem descuidar da marcação, o que ofereceu muita dificuldade ao Galo. O técnico Guto Ferreira mexeu cinco vezes na equipe durante o segundo tempo, mas pecou ao tirar Sobis para a entrada de Cléber, pois perdeu a referência na frente, e acertou ao colocar Jacaré no lugar de Lima, pela velocidade que conseguiu impor em seus contra-ataques.

Tudo ia bem para os cearenses na partida até ocorrer pênalti a favor dos anfitriões aos 24'. Marrony, embora tenha valorizado o lance, foi puxado pela camisa na grande área. O atacante cobrou a penalidade, chutando de um lado, de canhota, enquanto Prass foi para outro. Abriu-se assim uma importante vantagem para os mineiros.

Aos 36', nova oportunidade com Marrony, que recebeu passe de Hyoran, mas que parou em Prass.

O Ceará tentou buscar o empate no final do jogo, porém em contra-ataque mal executado, os jogadores do Galo correram para o lado adversário, e em assistência de Marquinhos, Marrony foi novamente decisivo, fez seu segundo gol e decretou a terceira vitória do Atlético-MG em três jogos do Brasileirão.

Classificação e próximos compromissos

Com três pontos em mãos, o Atlético-MG soma 9 pontos no campeonato. A equipe voltará a campo na quarta-feira (19) para encarar o Botafogo, no Estádio Nilton Santos, às 21h30.

O Ceará, por sua vez, somou 1 ponto em três jogos. O Vovô buscará a recuperação diante do Vasco da Gama na quinta-feira (20), no Castelão, em sua casa, às 20h.

VAVEL Logo