Tiago Nunes reclama de arbitragem ‘instável’ no empate com o Grêmio
Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

O Corinthians teve dificuldades, mas conseguiu segurar o Grêmio na noite deste sábado (15), na Arena do Grêmio, para marcar seu primeiro ponto no Campeonato Brasileiro. Vale lembrar que a equipe tem um jogo a menos, já que o confronto da primeira rodada da competição contra o Atlético-GO foi adiado pela CBF, por conta da final do Paulistão.

O técnico Tiago Nunes reclamou da arbitragem após a partida. Ele foi expulso durante o jogo por ter reclamado da marcação do pênalti a favor do Grêmio, que foi desperdiçado por Diego Souza. O treinador terá que cumprir suspensão automática na próxima partida:

“Na minha opinião a arbitragem se equivocou duas vezes, na marcação do Pênalti e na não marcação de falta do Kannemann no Jô, em lance parecido. Se marcou um, era para ter marcado o outro. E o Kannemann já tinha cartão amarelo. A reclamação nossa foi nesse sentido. Aí ele acabou ouvindo algum fantasma o xingando, e acabou sobrando pra mim. Arbitragem muito instável, que se complicou num jogo que estava muito legal.”

Tiago Nunes também falou do ajuste do time no intervalo, após ser muito pressionado pelo Grêmio no primeiro tempo:

“A gente tentou manter a intensidade, mas buscando mais profundidade. Faltou para nós o último terço, algo que a gente precisa evoluir e estamos tentando melhorar.”

Sobre o fato do Tricolor Gaúcho ter algum tipo de vantagem por ter poupado jogadores na última partida, Tiago Nunes preferiu citar o fato da equipe já estar jogando junta há algum tempo:

“O Grêmio é uma equipe muito entrosada. Os enfrentei também ano passado pela Copa do Brasil e são praticamente os mesmos jogadores, então isso facilita para eles, é um time que joga por música. Mas ao mesmo tempo, a gente sabe que é muito difícil jogar aqui e, para ter sucesso aqui dentro, precisamos ter vitória pessoal nos duelos e fazer eles correrem atrás da bola.”

Pra finalizar, o treinador corintiano falou dos desafios da equipe para o restante da temporada:

“Fizemos hoje o oitavo jogo em 23 dias, isso é algo surreal. Fisicamente a equipe está no limite e estamos sofrendo pelos desgastes físicos dos jogadores. A gente só vai conseguir melhorar isso rodando o time, com a entrada de jogadores com a mesma qualidade e quando tivermos uma semana cheia de trabalho.” Finalizou o treinador.

Cássio é destaque

Com boas defesas realizadas, o goleiro Cássio foi o grande nome da partida. Apesar de não ter defendido o pênalti, forçou o atacante Diego Souza a bater para fora. Depois do jogo, Cássio falou sobre o pênalti perdido pelo adversário:

“O Diego é um grande batedor, tem muita qualidade. Eu esperei ao máximo o momento da batida. Não posso falar tudo que eu observo, porque terão outros, então prefiro não comentar.”

O Corinthians segue sua maratona de jogos e se prepara para enfrentar o Coritiba, na próxima quarta-feira, na Arena Corinthians. Será o primeiro jogo em casa da equipe na competição.

VAVEL Logo