Sem vencer no Brasileirão, Luxemburgo cobra elenco do Palmeiras: "Mudar o comportamento"
Foto: Cesar Greco / Agência Palmeiras 

Campeão paulista há uma semana, o Palmeiras iniciou o Brasileirão com dois empates. Neste sábado (15), o Verdão ficou no empate com o desfalcado time do Goiás: 1 a 1, no Allianz Parque. O começo frustrante do time ativou o sinal de alerta para o técnico Vanderlei Luxemburgo.

"Jogamos uma partida bem abaixo do que estamos acostumados. A gente vem trabalhando, fazendo mudanças para tentar achar o ideal, como foi no Campeonato Paulista. Mas no Brasileiro temos que evoluir, mudar a maneira de jogar, o comportamento dentro de campo, porque é um campeonato diferente. Precisamos melhorar o comprometimento, a intensidade de jogo e uma série de coisas. Eles sabem disso. Ou nós competimos em alto nível ou não vamos caminhar. O cara tem que entrar ligado ao máximo", alertou.

Gustavo Gómez abriu o placar e o esmeraldino empatou em cobrança de falta que Rafael Vaz bateu por baixo da barreira. "Eu pedi para os jogadores subirem na falta, porque ele bate muito bem na bola. Ele foi muito inteligente, bateu por baixo. Aí tem que dar mérito ao jogador. Aí você vai criticar o Weverton? A barreira? Não. Tem que criticar a mim", lamentou Luxemburgo.

"Largamos ponto em casa, então, temos que buscar ponto fora de casa. Temos que encaixar o Campeonato Brasileiro dentro do nosso elenco, os jogadores entenderem qual é a proposta, o que queremos fazer. Precisamos mudar a rotação para o Campeonato Brasileiro, para brigar por Libertadores e pelo título. Tem tempo para recuperar bem, mas depende só de nós", finalizou o treinador.

O Palmeiras volta a campo na quarta-feira (19) para enfrentar o Athletico em Curitiba, às 19h30

VAVEL Logo