Em jogo polêmico, Atlético-GO leva gol no fim e empata com o Sport pelo Brasileirão
Foto: Heber Gomes/Atlético Clube Goianiense

Após surpreender o Flamengo na estreia, o Atlético-GO recebeu o Sport neste domingo (16) no Estádio Olímpico de Goiânia. Jorginho abriu o placar e o time goiano era vice-líder do Brasileirão até os 48 do segundo tempo, quando Iago Maidana balançou a rede.

Vagner Mancini repetiu a escalação no segundo jogo dele como técnico do Atlético-GO. Já Daniel Paulista mexeu na equipe — após entrar contra o Vasco, Lucas Venuto ganha oportunidade como titular pela primeira vez com a camisa do Sport.

O Atlético demonstrou mais volume de jogo no primeiro tempo, com toque de bola e jogadas de profundidade. O time chegava mais pelas laterais, com Dudu pela direita, explorando as costas de Sander, e Nicolas pela esquerda. Assim como no 3 a 0 sobre o Flamengo, o trio Everton Felipe, Jorginho e Ferrareis participava das principais jogadas de ataque. Enquanto isso o Sport encontrava dificuldade para criar e tentava, sem sucesso, avançar ao ataque pelo meio.

Primeiro tempo

A primeira finalização na partida foi certeira. Após um cruzamento da ponta direita aos 13 minutos, Ferrareis não conseguiu dominar e a bola sobrou para Jorginho, que tirou do goleiro Maylson e mandou no canto direito para abrir o placar.

O Sport melhorou na metade do primeiro tempo, principalmente depois de levar o gol. Novidade na escalação, Lucas Venuto se movimentava bastante, assim como Elton, marcando presença na área. O centroavante, aliás, se envolveu em um lance polêmico. Ele pediu pênalti após dividida com o zagueiro Gilvan, mas a arbitragem nada marcou e o VAR não interferiu. 

Mudanças no segundo tempo

Durante o intervalo, Daniel Paulista realizou duas substituições - trocou um lateral esquerdo por outro (Luciano Juba na vaga de Sander) e promoveu a estreia de Ricardinho, ex-Guarani, no lugar de Betinho. Já o Atlético começou o segundo tempo com os mesmos 11 titulares.

Os técnicos realizaram mais alterações no decorrer da partida. Substituto de Jonatan Gómez, Bruninho quase empatou aos 27, em cobrança de falta que ele encheu o pé e a bola explodiu no travessão. Outro que entrou foi Júnior Brandão, que teve a chance de ampliar aos 23 minutos, mas o goleiro Mailson levou a melhor.

O primeiro amarelo saiu para Willian Farias por falta na intermediária em Marlon Freitas logo aos 2 minutos. A partir daí foram outros quatro cartões, sendo um vermelho para Dudu aos 18, o que esquentou ainda mais a partida. Ele cometeu uma falta em Marquinhos, levou o cartão amarelo, e na sequência do lance tomou uma bolada do próprio companheiro de equipe, Edson, foi atendido dentro de campo e deixou o gramado. Na hora de voltar, ele entrou direto, sem a sinalização do árbitro, e então foi advertido novamente, e recebeu o vermelho.

Não foi possível identificar a hora em que Graziani Maciel Rocha deu o primeiro cartão para Dudu, que estava caído. As imagens mostram apenas o árbitro anotando a advertência. Na saída do gramado, o goleiro Jean ainda declarou que Dudu reclamou porque teria sido autorizado pelo quarto árbitro a voltar ao gramado.

Após a expulsão, Daniel Paulista sacou o volante Willian Farias para colocar o centroavante Hernane Brocador. O Sport então pressionou o Atlético, Patric e Marquinhos erraram o alvo, já Elton cabeceou fraco e Jean defendeu sem dificuldade.

O empate era questão de tempo e saiu nos acréscimos, aos 48 minutos. Após cruzamento da direita, Elton chutou e Jean defendeu, mas a bola ficou viva na área, pegou em Iago Maidana e cruzou a linha: 1 a 1. O VAR entrou em ação novamente e confirmou o gol.

Sequência no Brasileirão

O Internacional é o próximo adversário do Atlético-GO, que volta a campo na quarta-feira (19) em Porto Alegre. Já o Sport terá um dia a mais de descanso e fará dois jogos como mandante em sequência, sendo o primeiro deles diante do Santos na quinta-feira (20).

VAVEL Logo