Coudet insatisfeito com derrota para o Fluminense no RJ: "Poderíamos ter pelo menos um ponto"
Foto: Ricardo Duarte/SC Internacional

De virada, o Internacional perdeu para o Fluminense no Rio de Janeiro. Após sair na frente com gol de Guerrero, Colorado fez dois pênaltis convertidos pelo adversário, que garantiu a vitória. 

Em entrevista coletiva ao final do jogo, Eduado Coudet lamentou a derrota. O técnico afirmou que sua equipe se saiu bem e que o adversário quase não levou perigo:

Não lembro de nenhuma situação de perigo fora os pênaltis. Marcelo Lomba quase não trabalhou no jogo. A derrota não foi por problema defensivo, foi mais pontual. Mas perdemos, essa é a realidade.”

O Colorado teve uma queda de desempenho no segundo tempo. O técnico atribuiu à parte física, afirmando também que a equipe poderia ter aproveitado melhor a vantagem:

Penso que poderíamos ter jogado mais compacto e sair com mais espaço. Mas foi uma partida muito travada”, completou.  

O comandante Colorado voltou a lamentar os pontos perdidos. De acordo com ele, a equipe poderia ter conquistado ao menos um:

Hoje poderíamos ter ficado pelo menos com um ponto. Vamos trabalhando para melhorar. Eu quero ser protagonista e estou convencido disso.” 

Quando questionado sobre não aproveitar o zagueiro Moledo, Coudet destacou questões de estilo de jogo. De acordo com ele, o atleta joga diferente do que se espera do time, mas que já está sendo trabalhado para se adaptar.

As características de jogo são diferentes do que quero fazer. Estou trabalhando para que ele possa fazer as mesmas coisas. É um grande profissional, uma grande pessoa. Sempre que falo com ele, ele compreende.

Clima estranho na coletiva

Durante a coletiva, Eduardo Coudet se mostrou desconfortável com algumas perguntas. Quando questionado sobre, afirmou não estar, porém apontou que a imprensa sempre faz questionamentos sobre a escalação, ressaltando que tem em mãos um grupo pequeno. Ele ainda completou:

Vocês julgam de todas as maneiras. Cobram treinadores, dirigentes, jogadores. Não importa onde ou qual competição jogamos.”

Apesar disso, o argentino disse se sentir confortável e bem tratado, tanto pelo clube quanto pela imprensa brasileira. Ainda na coletiva, destacou que pretende conquistar os três pontos dos próximos dois jogos do Colorado na competição, que acontecem no Beira-Rio, diante de Atlético-GO e Atlético-MG

VAVEL Logo