Sucesso vascaíno sobre o São Paulo tem a mão de Ramon Menezes
Foto: Rafael Ribeiro / Vasco

Mais uma vitória do Vasco no Brasileirão. Em dois jogos, o Gigante da Colina já tem seis pontos na conta e compõe o G-4 do campeonato. No último domingo (16), a vítima da vez foi o São Paulo no São Januário. O triunfo seguro por 2 a 1 foi muito bem visto pelo treinador vascaíno Ramon Menezes.

Depois do jogo, ele elogiou e analisou a atuação cruzmaltinas na terceira rodada (visto que não jogou na primeira ainda):

"Acho que a torcida está muito feliz, como todos nós. Sabíamos da dificuldade que seria essa partida. Dediquei essa vitória aos jogadores novamente, ao entendimento de tudo que vem sendo passado, ao espírito, atitude, são marcas registradas desse grupo. Foi mais uma final de campeonato pra gente", contou o comandante.

Movimentação das peças

Ramon fez uma jogada de mestre ao deixar Benítez na direita e puxar Fellipe Bastos para o meio. Essa movimentação não muito atípica foi suficiente para o Vasco abrir 2 a 0 no placar — gol são-paulino foi só aos 50' do segundo tempo.

"Ter opções é muito bom para o treinador. Mais importante que isso é o entendimento. O jogador estar pronto e saber tudo que se passa. Optamos por uma formação com a ausência do Yago Pikachu, colocamos o Cayo Tenório. Mas são características diferentes. Optei por deixar o Benítez pelo lado direito, para abrir espaço na força do Cayo, que foi muito bem no jogo", analisou o técnico.

Há mais de um ano no Vasco, conhecer o elenco é essencial

"Coloquei o Bruno Gomes no segundo tempo para jogar com esse tripé no meio, ao lado do Andrey e do Fellipe Bastos, dando uma certa liberdade pro Andrey. É o trabalho. Depois teve a entrada do Neto, que foi bem no jogo aéreo, na parte defensiva. O Miranda ajudou muito", completou Ramon.

"Já estou no Vasco há um bom tempo, então isso joga a meu favor. Conheço bem as características de cada jogador. Quando surgiu a oportunidade de ser o treinador, no meio da pandemia, conversei com cada um. Lógico que fico muito feliz com o desempenho, mas depende muito do atleta e eles estão entendendo muito bem. Hoje nós buscamos o equilíbrio, como no jogo contra o Sport. Tivemos um adversário muito bem treinado, com grandes jogadores e mostramos que temos nossa força, nossa grandeza e os jogadores estão de parabéns", finalizou.

O Vasco agora viaja ao Nordeste para encarar o Ceará na próxima quinta-feira (20), às 20h. E você acompanha tudo aqui,na tela da VAVEL Brasil.

VAVEL Logo