Avaí e Botafogo-SP se reencontram após 18 anos em busca de reabilitação na Série B
Robson, capitão do Botafogo-SP, durante treino no último domingo (15) (Foto: Divulgação/ Botafogo-SP)

Após quase 18 anos, Avaí e Botafogo-SP voltam a se enfrentar em campo. Nesta terça-feira (18), as equipes se encontram pela quarta rodada da Série B, na Ressacada, às 19h15.

O último confronto entre os times foi pela segunda divisão, no dia 1º de outubro de 2002. Na ocasião, o Leão da Ilha massacrou os paulistas por 6 a 0.

Mistério na escalação

Geninho sequer deu pistas de uma possível escalação. Motivo? Claudinei Oliveira. O treinador do Botafogo-SP esteve no comando do Avaí entre 2016 a 2018. O atual técnico considera que Claudinei “conhece muito bem o Avaí”, e tudo que passar o técnico do Pantera vai saber usar usar a seu favor.

“É alguém que conhece muito bem o Avaí. Tudo que eu passar o Claudinei vai saber usar, pois é um treinador inteligente. Temos uma ideia do que vou fazer, coloquei na balança os pontos positivos e negativos, mas peço desculpas, porque não vou dar nenhuma informação”, disse Geninho em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (17).

O Avaí volta a campo após tropeçar diante o Paraná pela segunda rodada. O Leão da Ilha perdeu por 1 a 0 e conheceu sua primeira derrota pela Série B. Como a partida contra o Confiança foi adiada, os jogadores tiveram uma semana de “folga” e Geninho deve escalar a equipe com força máxima.

Provável escalação do Avaí: Lucas Frigeri; Arnaldo, Betão (Rafael Pereira), Victor Sallinas e Capa; Ralf, Bruno Silva e Valdívia; Jonathan, Renato e Gastón Rodríguez. Técnico: Geninho.

Bruxa a solta

Claudinei Oliveira não poderá contar com nove jogadores no confronto diante o Avaí. A última baixa foi do atacante Ronald. O jogador testou positivo para Covid-19 e ficará afastado do elenco pelos próximos dez dias. Este é o segundo caso de coronavírus no elenco. No último sábado, Matheus Anjos foi desfalque de última hora do time titular por estar infectado com o vírus.

Outra baixa importante é de Victor Bolt. O jogador se machucou nos primeiros dez minutos na derrota contra o Guarani e sequer viajou a Florianópolis. Elicarlos, volante recém contratado, assume a vaga e fará sua primeira partida como titular no Botafogo-SP.

Não bastassem os desfalques confirmados, Claudinei ainda tem dor de cabeça para escalar o ataque da equipe. Rafinha, poupado no último final de semana por conta de desgaste físico, ainda é dúvida. Caso não jogue, Jeferson começará a partida improvisado no setor ofensivo da equipe.

Desfalques: Ronald e Matheus Anjos (testaram positivo para Covid-19); Victor Bolt, Naldo, Gilson, Wesley, Francis e Dodô (machucados).

Provável escalação do Botafogo-SP: Darley; Val, Robson, Jordan e Guilherme Romão; Ferreira, Elicarlos e Calabres; Jeferson (Rafinha), Wellington Tanque e Luketa. Técnico: Claudinei Oliveira.

Arbitragem

Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro apita o jogo com auxílio de Luis Carlos de França Costa e George Italo Antas Nogueira.

VAVEL Logo