Em jogo muito disputado, Juventude e América-MG empatam sem gols
(Foto: Arthur Dallegrave /E.C. Juventude)

Juventude e América-MG se enfrentaram pela quarta rodada da Série B de 2020. Ambas equipes queriam se recuperar dos tropeços da terceira rodada, o Jaconero vinha de derrota para o Paraná por 3 a 1 e o Coelho vinha de empate contra o Operário por 1 a 1.

Jogando em casa, o Juventude foi para cima no início do jogo e criou as primeiras chances de gol. Logo no primeiro minuto de partida, Dalberto acertou a trave do goleiro Matheus Cavichioli. Apenas um minuto depois, foi o lateral esquerdo Hélder que finalizou da entrada da área e exigiu um bonita defesa do goleiro do América-MG.

Logo aos 20 minutos, o Juventude teve a baixa de seu camisa 10. Renato Cajá saiu, aparentando um problema muscular na coxa esquerda, para a entrada de Tarta. Após a troca, o time visitante começou a conseguir criar oportunidades.

Aos 21 minutos, o volante Juninho, apareceu na área e fez finalização cruzada. Porém o goleiro Luis Carlos fez bonita defesa e cedeu o escanteio ao time mineiro. No escanteio, João Paulo cobrou fechado e o goleiro atento afastou a bola.

Com apenas 27 minutos de jogo, o Juventude foi obrigado a gastar sua segunda substituição por motivos físicos. Dessa vez, o zagueiro Reynaldo sentiu lesão muscular após dar carrinho para afastar a bola. Na sua vaga entrou Genílson.

Até o intervalo o jogo foi de muita disputa, principalmente no meio campo. Nos setores defensivos as equipes se postaram bem e impediram a criação de boas chances pelos dois times. Assim, as equipes foram para o intervalo empatados em 0 a 0.

No segundo tempo, a primeira chance foi da equipe visitante. Após falta cometida por Genílson, punido com cartão amarelo, Toscano cobrou falta rasteira. O goleiro Luis Carlos defendeu o chute sem dar rebote.

Na metade do segundo tempo, o América criou a oportunidade mais clara de gol. Matheusinho fez bela jogada e passou para Rodolfo livre na área, o atleta finalizou bem mas o goleiro do Juventude fez uma linda defesa.

Polêmica

Aos 30 minutos, ocorreu o lance mais polêmico da partida, Rodolfo partiu para cima de Hélder, que não conseguiu tirar a bola e cometeu falta próximo da área do goleiro Luis Carlos. A polêmica se deu pela dúvida se a falta foi dentro ou fora da área, o juiz assinalou apenas falta.

O segundo tempo, foi marcado por um domínio do time mineiro. Aos 37 minutos, o atacante Carlos Alberto ficou cara a cara com o goleiro Luis Carlos, o goleiro saiu bem do gol e realizou linda defesa. No rebote, a bola sobrou para Toscano que cabeceou, Genílson apareceu em cima da linha para salvar o time da casa.

Um tempo para cada lado

No primeiro tempo as principais chances de gol foram do Juventude. Enquanto no segundo tempo, quem dominou a partida foi o América-MG, que criou muitas chances. Apesar das chances de gol para os dois lados, os sistemas defensivos se destacaram e impediram as equipes de alterarem o placar. Assim o confronto acabou empatado em 0 a 0.

Próximos confrontos

O próximo confronto do América-MG é na sexta (21) às 19h15, na Arena Independência. O Juventude enfrenta o Náutico no sábado (22) às 16h30, no Estádio dos Aflitos.

VAVEL Logo