Geninho admite jogo 'horroroso' do Avaí contra Botafogo-SP e pede 'espírito de Série B'
Foto: Reprodução/TV Avaí

Depois de ter o jogo da terceira rodada adiado e um pouco mais de tempo para treinar, o Avaí decepcionou e perdeu para o Botafogo-SP por 1 a 0, na Ressacada, nesta terça-feira (18). Mesmo jogando em casa, o Leão viu os rivais acertaram três vezes a trave e perderem chances incríveis antes de marcar no segundo tempo. O time azurra ainda teve Arnaldo expulso antes do intervalo.

O técnico Geninho admitiu a atuação ruim do Avaí e disse que o resultado magro foi pouco pelo domínio dos paulistas.

"Uma atuação abaixo do que esse grupo tem condições. Não vínhamos fazendo partidas perfeitas, mas também nada igual a essa. Deixamos buracos para o Botafogo-SP sair em velocidade no contra-ataque. Eles chegaram na cara do Frigeri. O placar ficou barato. O primeiro tempo terminar daquele jeito, eles tiveram três ou quatro chances".

Com um time com vários jogadores experientes - Ralf, Bruno Silva, Valdívia, entre outros -, o treinador cobrou que o elenco incorpore o 'espírito de Série B' e que os mais rodados assumam a responsabilidade.

"Poderíamos ter várias lideranças. O jogador mais rodado precisa chamar a responsabilidade. Não posso querer que Jonathan ou Tucão resolvam. Não vejo uma grande liderança. Os vejo querendo jogo, orientando, mas as coisas precisam ser mais incisivas. O espírito de Série B. Eu vejo vontade de ganhar, mas não enxergo o espírito da Série B, de cobrança, pressionar mais até mesmo a arbitragem para se impor".

O Avaí, que soma três pontos em três jogos e ocupa a 12ª posição, volta a campo já no sábado (22), às 11h, contra o Cuiabá. Geninho afirma que vai usar o tempo curto para mudar o time e deixar a atuação 'horrorosa' contra o Botafogo para trás.

"Não temos muitas outras opções para mudar, principalmente na parte ofensiva. Temos que ter calma. Vou pensar e tentar arrumar tudo o que o Avaí não fez hoje. Eles sabem, pois fizeram contra o Náutico. É difícil falar agora o que irei fazer, pois estou com esse jogo horroroso de hoje. O Avaí não pode repetir uma atuação como essa. Não podemos reclamar da derrota".

VAVEL Logo