Sem Guerrero, Internacional busca reabilitação diante do Atlético-GO
Foto: Divulgação/SC Internacional

Nesta quarta-feira (20), Internacional e Atlético-GO se enfrentam pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, no estádio Beira-Rio. A partida acontece às 20h30 e coloca, frente a frente, duas equipes da metade de cima da tabela.

Se a classificação atual coloca o Colorado e o Dragão em pé de igualdade, os prognósticos para os dois clubes eram bem diferentes quando o Brasileirão começou. Está aí uma das grandes histórias do jogo em Porto Alegre.

As equipes não se enfrentam desde o Brasileirão de 2012. O último confronto teve vitória do Atlético por 3 a 1, em Goiânia - esta foi a única vitória do Dragão no confronto. Na última vez que os times jogaram no Beira-Rio, o Inter goleou: 4 a 1. Foram oito confrontos no total, com quatro vitórias coloradas, uma rubro-negra e três empates.

Colorado buscando recuperação

O Internacional está na terceira colocação no Campeonato Brasileiro, com seis pontos. Apesar disso, a equipe gaúcha sofreu um abalo. Tudo por conta da última partida colorada. De virada, no Maracanã, o clube levou a virada do Fluminense - e perdeu por 2 a 1. Foi a primeira derrota do escrete - e, também, o cotejo que fez com que o 100% de aproveitamento fosse perdido. 

O Inter terá dois desfalques para a peleja. Com um problema particular, Boschilia não joga. Com o ligamento cruzado anterior do joelho direito rompido, Paolo Guerrero não atuará mais até o final de 2020.

Após a derrota na última rodada, Eduardo Coudet, técnico da equipe, reclamou da profundida do elenco colorado. "Não estou desconfortável. Estou achando que sempre tem problema com a escalação. É um grupo muito curto, essa é a verdade. Eu estou trabalhando. Se vocês não acompanham esse trabalho, é muito difícil para mim. O Inter não é o Manchester City. Não tem uma quantidade de jogadores de hierarquia", afirmou.

Provável escalação: Marcelo Lomba; Saravia, Zé Gabriel (Rodrigo Moledo), Víctor Cuesta e Moisés; Rodrigo Lindoso (Musto), Marcos Guilherme (Praxedes), Edenílson e Patrick; Thiago Galhardo e William Pottker

Dragão surpreendente

Com um ponto e uma vitória a menos (mas com dois empates e ainda invicto) que o Internacional, o Atlético-GO chega ao Rio Grande do Sul em evolução. Após o adiamento do Campeonato Goiano 2020 para 2021, pouco se esperava do então líder do estadual em cenário nacional. O Dragão, porém, segue com bons resultados e atuações convincentes.

Após atropelar o campeão Flamengo em sua estreia, o Atlético ficou no 1 a 1 com o Sport, em casa, tomando o gol de empate na reta final e já com um jogador a menos.

A equipe do técnico Vagner Mancini terá três desfalques para a peleja. Renato Kayzer, contundido, é um deles. Dudu e Gustavo Ferrareis, emprestados pelo Internacional, não atual por cláusulas contratuais.

Marlon Freitas pediu atenção da equipe logo no começo da peleja e também mostrou confiança em entrevista coletiva. "As equipes que jogam em casa sempre tentam impor um ritmo muito forte nos primeiros 15 minutos. Eles vêm de um resultado negativo, então vão vir para cima. Mas precisamos ter coragem e personalidade para jogar também. Temos de propor nosso jogo. Fazendo isso, tenho certeza de que voltaremos com um bom resultado lá de Porto Alegre", destacou o volante.

Provável escalação: Jean; Moacir, Éder, Gilvan e Nicolas; Edson, Marlon Freitas e Jorginho; Matheuzinho, Hyuri e Everton Felipe.

Arbitragem

Árbitro: Wagner Reway (PB)

Assistentes: Oberto da Silva Santos (PB) e Kildenn Tadeu Morais de Lucena (PB)

VAR: Rodolpho Toski Marques (PR)

VAVEL Logo