Paraná vira para cima do Guarani e lidera Série B
Foto: David Oliveira/Guarani FC

Nesta terça-feira (18), o líder Paraná conseguiu a virada contra o Guarani, no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, e manteve  a invencibilidade na Série B. O Tricolor venceu por 2 a 1, gols de Bruno Gomes e Jhony Douglas. Bruno Sávio abriu o placar.

O tricolor entrou em campo pressionado porque o Operário-PR tinha vencido o CSA mais cedo e assumiu a liderança provisória. Para completar, Bruno Sávio abriu  o placar e o Guarani terminou o primeiro tempo com a vitória parcial por 1 a 0, mas depois do intervalo o time paranista conseguiu reagir e ultrapassou o Fantasma na tabela.

Sem Raphael Alemão, que negocia com um time do Azerbaijão, o técnico Allan Aal foi forçado a mexer na equipe que iniciou contra o Juventude. Quem ganhou a vaga foi Bruno Gomes, que aproveitou a chance e empatou a partida no início do segundo tempo.

Jogando em casa, o Guarani dominou o primeiro tempo, valorizando a posse de bola. O Paraná Clube finalizou apenas uma vez no primeiro tempo, em lance que Bruno Gomes furou aos 18 minutos. 

Já os mandantes tiveram a primeira chance aos dois minutos, em cobrança de falta de Giovanny que passou à esquerda do gol. Bidu, Giovannu e Bruno Sávio foram os destaques no começo do jogo.

Eduardo Person também tentou um chute de fora da área, mas o primeiro gol surgiu aos 28 minutos. No lance, o camisa 22 também arriscou de longa distância, encheu o pé direito e mandou no meio do gol, mas Alisson não conseguiu chegar e a rede balançou. Este foi o primeiro gol de Bruno Sávio na Série B e o sétimo do Guarani, que tem o segundo melhor ataque da competição, atrás apenas do Paraná.

Mesmo sem alterações, o Paraná voltou melhor depois do intervalo. O empate aconteceu aos 17 minutos, quando Pedro Henrique aproveitou um espaço livre na ponta direita e cruzou para Bruno Gomes, que infiltrou no meio da zaga do Guarani, desviou de pé direito e balançou a rede.

Das oito finalizações paranistas na segunda etapa, quatro foram na meta defendida por Jefferson Paulino. Já o Guarani finalizou nove vezes, mas faltou pontaria, visto que apenas uma chegou no gol.

Higor Meritão e Renan Bressan eram os que mais apareciam pelo lado paranista e o volante teve boa oportunidade aos 27 minutos, mas isolou. A melhora do tricolor transformou-se em gol no minuto seguinte, mais uma vez pelo lado direito, só que desta vez em jogada de bola parada. Após cobrança de escanteio fechada, o goleiro do Guarani saiu mal, a defesa falhou e Jhony Douglas cabeceou sozinho para virar a partida.

Apesar das seis substituições realizadas após a virada do Paraná, o placar de LED inaugurado nesta noite em Campinas continuou 2 a 1 para o Paraná Clube. Além de manter a invencibilidade e a ponta da tabela, o tricolor chegou à terceira vitória em quatro partidas e tem o melhor ataque com oito gols marcados.

Classificação e próximos compromissos

O Tricolor soma dez pontos e está na liderança. Na próxima rodada, o Paraná recebe o vice-líder Operário-PR, no domingo (23). Já o Guarani, 13º colocado, com três pontos, tenta a reabilitação no campeonato diante da Chapecoense, na Arena Condá, em jogo que fecha a quinta rodada na segunda-feira (24). 

VAVEL Logo