Operário bate desfalcado CSA e assume vice-liderança da Série B
Foto: José Tramontin/OFEC

Um dos clubes que ainda não perdeu na atual edição da Série B é o Operário-PR, que confirmou a boa fase nesta terça-feira (18) ao vencer o CSA por 3 a 0 no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa, casa do time paranaense.

Esta foi a segunda vitória do Operário-PR em quatro jogos, somando oito pontos, o que levou a equipe à ponta da classificação na Série B.

Abalado pelo surto de coronavírus no elenco que já adiou dois jogos nesta Série B, o CSA entrou em campo com nomes como o goleiro Cajuru, que não atuava desde junho de 2018. No total foram cinco desfalques considerados titulares — o goleiro Thiago Rodrigues, o zagueiro Alan Costa, o volante Márcio Araújo e os meias Renatinho e Nadson.

O técnico Gerson Gusmão também mexeu no Operário-PR em relação à equipe que começou jogando contra o América-MG. Ele sacou o meio-campista Marcelo e escalou a equipe com três zagueiros, promovendo a entrada de Reniê. Outra novidade foi Schumacher, autor do primeiro gol da partida.

O jogo ficou marcado pelo alto número de faltas — 42, sendo 21 para cada lado. Após um primeiro tempo equilibrado, o time paranaense deslanchou na etapa final e fez três gols, sendo que dois surgiram em jogadas de bola parada.

Domínio paranaense sobre os alagoanos

O primeiro saiu em cobrança de falta na ponta esquerda que a zaga do CSA afastou parcialmente, a bola viajou até o lado direito e ficou com Sávio, que mandou de novo na área. O goleiro não achou nada, nem a defesa, então Schumacher apareceu no meio deles e tocou de calcanhar para fazer 1 a 0. 

Dez minutos depois, após escanteio fechado cobrado por Tomas Bastos, o zagueiro Mazinho cabeceou da primeira trave e ampliou o placar. 

O CSA teve duas chances para diminuir, sendo a primeira com  Igor Fernandes aos 24 minutos e a outra com Yago aos 34, sendo que ambas explodiram no travessão. A primeira foi um chute de fora da área do lateral e e outra uma cabeçada após cobrança de escanteio.

A vida dos alagoanos piorou aos 37 minutos, quando Norberto tentou recuar para o goleiro Cajuru, mas ele não entendeu e a bola sobrou para Lucas Batatinha decretar a vitória do Operário-PR.

Sequência na Série B

Em busca da segunda vitória na Série B, o CSA volta a campo na sexta-feira (21) diante da Ponte Preta no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Já os paranaenses voltam a campo apenas no domingo (23), diante do Paraná Clube no Estádio Durival de Britto e Silva, em Curitiba.

VAVEL Logo