Gabigol defende Domènec após nova atuação fraca do Flamengo: "Tem nosso apoio"
Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Após quatro rodadas de Brasileirão, o Flamengo tem apenas quatro pontos. O empate contra o Grêmio na última quarta-feira (19), por 1 a 1, foi novamente cercado por atuação bem abaixo do esperado no Maracanã. Mas o jogo foi bom para Gabigol, que converteu o pênalti e pôs fim ao jejum incômodo de sete partidas sem balançar as redes. Depois, ele até saiu em defesa do técnico Domènec Torrent.

Em coletiva virtual na FlaTV, o camisa 9 rubro-negro destacou o quanto está sendo difícil se encaixar o jogo do time com o estilo de Dome sem muitos treinamentos. A sequência de partidas está puxada, isso por conta do atraso do início do campeonato devido à pandemia de Covid-19.

"Ele (Dome) tem nosso apoio, nossa confiança. Sabemos que está sendo difícil para ele esse início, mas estamos criando intimidade, uma união. A gente confia muito nele. A gente vem treinando nos jogos, é complicado. Ele teve pouco tempo, mas as coisas vão se acertar. Hoje empatamos com uma equipe qualificada. É lutar até o fim igual hoje, buscar vitórias, amassar o adversário. Domingo vamos conseguir mais uma vitória", disse Gabigol.

Cobrança por melhores resultados

Tudo bem que o começo do ano foi muito bom para o Flamengo: Recopa Sul-Americana, Supercopa do Brasil e Campeonato Carioca na bagagem, mas duas derrotas, um empate e só uma vitória neste começo de Brasileirão assusta quem viu o time ser campeão da América em 2019. Talvez, nem seja o resultado em si, mas a forma de atuação. Portanto, a cobrança é grande na Gávea.

"Jogamos no maior clube do Brasil, com a maior torcida do Brasil. É normal que cobrem depois de um ano muito bom e agora num início complicado. Mas ganhamos a Recopa, Supercopa e Carioca, estamos com quatro partidas no Brasileiro. Temos que melhorar, mas com calma e sabedoria. No 'vamo, vamo, vamo' não vamos vencer. Temos que estudar, melhorar e ganhar jogos. Isso acalma a torcida e também nos acalma. Temos confiança no nosso trabalho e no Dome", conta o atacante flamenguista.

"Todo mundo que joga contra o Flamengo muda o esquema, vem com cinco volantes, ninguém vai deixar o Flamengo ganhar. A gente vem criando o nosso estilo de jogo, nos adaptando ao que o Dome vem dizendo. Fomos bem no primeiro tempo, faltou o último passe para encaixar. Temos que continuar trabalhando, estudando o adversário. Eles estudam a gente e nos complicam, temos que tentar arrumar uma solução para furar (a defesa)", completou Gabigol.

Agora, o Flamengo volta a campo no domingo (23), às 11h, diante do Botafogo pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. E vencer o clássico pode dar uma alívio ao elenco rubro-negro.

VAVEL Logo