Arnaldo e Tironi criticam Raí e diretoria do São Paulo: "Dá até dó"

Logo após o empate por 1 a 1 entre São Paulo e Bahia, Raí, diretor executivo de futebol do São Paulo, concedeu uma entrevista coletiva instantes depois das palavras de Fernando Diniz, técnico do selecionado paulista. As palavras do dirigente foram criticadas por Arnaldo Ribeiro e Eduardo Tironi, no canal que eles comandam no Youtube, nesta quinta-feira (20).

Arnaldo Ribeiro começou as críticas em relação ao dirigente e, também, ao técnico. "Em relação ao Diniz, o torcedor do São Paulo não tem apreço algum. Em relação ao Raí, é fogo. Acho que isso é o mais dolorido dessa gestão fracassada". Tironi concordou: "É claro, sem dúvida nenhuma", destacou.

O comentarista do Grupo Globo seguiu. "Você vê ele envelhecendo quinze anos em cinco só fazendo merda, só errando, só pegando a podre, e ter uma teimosia, uma convicção louca. A ponto de a única convicção ser varrer o Raí", destacou.

Dirigentes criticados

Outros diretores do clube, sem ser mencionados, também foram criticados. "Essa administração é um fracasse até no sentido. Você pega um totem, um símbolo máximo do grande São Paulo, vencedor, do Telê e blábláblá e tá transformando esse em um cara qualquer. Até nisso essa administração conseguiu errar. Um cara que deveria ter uma estátua na frente do Morumbi. É incrível isso, inacreditável", lembrou Eduardo Tironi.

Para finalizar, Arnaldo Ribeiro vaticinou: "O Raí está cego. Sério, ele precisa ser interditado. Ele tá no mundo da lua. Completamente fora de sintonia. Dá até dó".

VAVEL Logo