Mesmo com um a menos, Náutico busca empate com Juventude em jogo de seis gols
Foto: Caio Falcão/Náutico

Náutico e Juventude se enfrentaram pela quinta rodada da Série B. Jogando em casa, o Timbu buscava a sua primeira vitória na competição, enquanto o Ju buscava uma vitória para ingressar no G-4. O jogo, porém, terminado empatado: 3 a 3, depois de vários altos e baixos, neste sábado (22), nos Aflitos.

Náutico abre vantagem, mas Juventude reage e vira

O início de jogo foi muito movimentado, com participação decisiva do lateral Wiliam Simões do Náutico. Logo aos nove, o lateral esquerdo cruzou para Salatiel finalizar, o goleiro Luis Carlos fez bela defesa. No rebote a bola sobrou para Erick que abriu o placar para o time da casa.

Apenas cinco minutos depois, em novo cruzamento de Wiliam Simões a bola não foi afastada pela defesa do time gaúcho e sobrou na segunda trave para Jean Carlos. O camisa 10 do Náutico ampliou a vantagem para o mandante: 2 a 0.

A resposta do Juventude não demorou, logo aos 16 minutos, o lateral Igor cruzou rasteiro para o atacante Rafael Silva marcar o gol. No início do lance, o time da casa, reclamou de falta em Jorge Henrique. O árbitro Rodrigo Batista Raposo considerou o lance normal e validou o gol.

Ainda no primeiro tempo, o Juventude conseguiu empatar o jogo. Após erro na saída de Rafael Ribeiro, a bola sobrou para Dalberto. O atacante acertou bela finalização de fora da área e empatou o jogo em 2 a 2.

No segundo tempo, o Juventude foi em busca da vitória. Com apenas cinco, o lateral Igor cruzou forte para Dalberto marcar seu segundo gol no jogo: 3 a 2. Além da vantagem, o Juventude também ficou com um jogador a mais no jogo, Camutanga foi expulso após acertar um tapa em atleta do Juventude.

Timbu busca igualdade com dez em campo

Mesmo com um a menos, o Náutico avançou para buscar o empate. Então, novamente brilhou a estrela de William Simões novamente teve destaque no jogo. Depois de participar das jogadas dos dois gols do Náutico, o lateral esquerdo sofreu pênalti após entrada por trás de Gabriel Novaes. Na cobrança, Jean Carlos, o camisa 10 do Náutico, converteu a cobrança empatando o jogo em 3 a 3.

O empate deixou o gosto amargo para as duas equipes, tanto o Juventude que perdeu a vantagem com um jogador a mais. Assim como o Náutico que não conseguiu sua primeira vitória na competição e também perdeu uma vantagem de dois gols obtida no primeiro tempo.

Próximos confrontos

Com quatro empates em cinco jogos, o Náutico está na 12ª colocação, enquanto o Juventude é o sétimo, com oito.

O Juventude encara o América de Natal na quarta (26) às 16h, pela Copa do Brasil fora de casa, após empate em 1 a 1 no jogo de ida. O Náutico enfrenta o Guarani, no estádio Brinco de Ouro, na sexta (28) às 21h30 pela sexta rodada da Série B.

VAVEL Logo