Desfalcados, Palmeiras e Santos fazem clássico paulista no Brasileirão
Foto: Ivan Storti/Santos FC

Neste domingo (23), o Palmeiras e o Santos fazem o “clássico da saudade”, pela quinta rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, às 16h (de Brasília), no Estádio do Morumbi. Com vitória na última rodada, mas pressionado pelo futebol apresentado, o Verdão ocupa a nona posição na tabela de classificação, com cinco pontos. Já o Peixe, que vem de dois triunfos, ocupa a quinta posição, com sete pontos.

Essa é a segunda partida entre os dois clubes nesta temporada. O ultimo jogo foi no dia 29 de fevereiro, pela oitava rodada do Campeonato Paulista. A partida foi realizada no Estádio do Pacaembu e terminou 0 a 0. Nesse segundo encontro, dessa vez pelo Brasileirão, além da ausência de torcedores, o palco da partida também chama atenção.

Sem disponibilidade na arena, que vai receber um evento (drive-in) para transmitir a final da UEFA Champions League, O Verdão levou a partida para o Estádio do São Paulo, estádio que não recebe um Palmeiras x Santos desde 2004 – no empate em 2 a 2 no Paulistão daquela temporada.  

Para espantar a crise, Palmeiras precisa mudar

Em crise no ataque, o Palmeiras pode comemorar já que a sua defesa voltou a terminar uma partida sem ser vazada, depois de três jogos sofrendo gol (Corinthians, Fluminense e Goiás). Para o técnico Vanderlei Luxemburgo, “agora é a hora de mudar”.

Lucas Lima foi titular na partida contra o Athlético- PR, e depois entraram Gustavo Scarpa, Raphael Veiga e Zé Rafael. O gol palmeirense, porém, saiu nos acréscimos depois de um arremesso lateral para a área adversária.

O que fizemos para ganhar o Paulista é que tive de tornar a equipe mais fechada, mais feia. Era importante o Palmeiras não perder o campeonato, ainda mais para o Corinthians. Saímos dois jogos na frente (no Brasileiro) e eles empataram. Agora é hora de mudar. Eu vou dar oportunidade ao Lucas, ao Raphael, daqui a pouco está o Veron, para o time ficar mais leve. Eles vão ter oportunidades, cabe a eles mostrar capacidade, que podem continuar", afirmou Luxemburgo na quarta-feira(19).

Desfalque contra o Furacão por conta de uma pancada sofrida na região do quadril na partida contra o Goiás, Matías Viña fez tratamento na parte da manhã. No período da tarde, quando Vanderlei Luxemburgo trabalhou com a equipe, o uruguaio foi a campo para um trabalho físico e deve estar a disposição do técnico Vanderlei Luxemburgo para a partida contra o Santos.

Já Felipe Melo, ainda em recuperação de lesão muscular na coxa esquerda, e Luan Silva, que sofreu lesão de cartilagem no joelho esquerdo, são desfalques certos.

Provável escalação do Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Patrick de Paula, Gabriel Menino, Bruno Henrique (Zé Rafael) e Lucas Lima; Rony e Luiz Adriano. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Santos quer vencer o primeiro clássico na temporada

O Santos vem de duas vitórias consecutivas e subiu para a quinta posição na tabela de classificação. Mas se tem uma coisa que o Peixe ainda não conseguiu nessa temporada, foi vencer um clássico. O Alvinegro soma duas derrotas e um empate em clássicos disputados até agora e quer por um fim nisso diante do Palmeiras.

A equipe conta com o ótimo desempenho de Marinho, que participou de todos os gols da equipe após a volta da paralisação.

Cuca tem dúvidas para escalar o time. O goleiro Vladimir e o zagueiro Lucas Veríssimo seguem em recuperação e não devem jogar. Anderson Ceará, Uribe, Luiz Felipe e Raniel, que não foram relacionados contra o Sport, devem seguir fora da equipe por lesão.

O técnico Cuca sabe das dificuldades que terá para o clássico deste domingo (23) e fez questão de elogiar o elenco do rival.

Palmeiras é um time muito bom, elenco muito bom. Vimos jogo contra o Athletico, ganhou nas mexidas. Treinador é sabedor do que faz. Jogo difícil, mas vamos dentro da nossa postura fazer bom jogo e conseguir bom resultado”.

Provável time do Santos: João Paulo, Pará, Alison (Lucas Veríssimo), Luan Peres e Felipe Jonatan; Jobson (Alison), Pituca, e Carlos Sánchez; Marinho, Kaio Jorge e Soteldo. Técnico: Cuca.

Retrospecto

Nos clássicos da saudade, o Palmeiras leva vantagem com 137 vitórias contra 105 vitórias do Santos e 86 empates.

VAVEL Logo