De virada, Ponte Preta derrota CSA em Campinas
Foto:Divulgação/Alvaro Junior/Pontepress

Na noite desta sexta-feira (21), a Ponte Preta venceu o CSA por 2 a 1, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro Serie B no Estádio Moises Lucarelli. Com a vitória a Macaca chegou aos oito pontos e ocupa a terceira posição na tabela. Já o Marujo, com três pontos, ocupa a 14ª posição.

Primeiro tempo

A etapa inicial começou bem movimentada. Logo aos cinco minutos, o CSA abriu o placar, com Marquinhos. Nádson cruzou na área da Ponte Preta e o volante azulino, no meio da zaga adversário, subiu e cabeceou para o fundo das redes, abrindo o placar para o time visitante.

A Macaca não se intimidou e aos 15 minutos, respondeu. Guilherme Lazaronni achou espaço e arriscou um chute direto no gol. O goleiro Cajuru fez a defesa e evitou o empate.

Mas o goleiro do Marujo não conseguiu defender o chute seguinte. João Paulo, recebeu livre no meio-campo e chutou. O chute despretensioso foi o empate da Macaca, aos 22 minutos. O goleiro azulino falhou e entrou no gol com bola e tudo.

Cajuru se redimiu com duas grandes defesas. Aos 26 minutos, Zé Roberto chutou no ângulo e o arqueiro marujo se esticou todo para impedir a virada. Um minuto depois, o atacante da Macaca cabeceou forte e obrigou o goleiro adversário a salvar o CSA mais uma vez.

Aos 41 minutos, o CSA resolveu ameaçar. Nadson jogou na área, Ivan afastou parcialmente e o meia azulino, após pegar a bola no rebote, lança na cabeça de Leandro Souza, que cabeceia muito próximo da trave direita do goleiro da Macaca.

Segundo tempo

Logo aos 2 minutos, Apodi foi lançado na direita, chegou cruzando de primeira e achou Matheus Peixoto, sozinho, dentro da área. O atacante só empurrou para o fundo das redes e fez 2 a 1 para a Macaca, em Campinas.

Aos 13 minutos, Zé Roberto recebeu no lado esquerdo e chutou forte. Leandro Souza, que estava na frente, impediu que o atacante da Macaca levasse perigo ao gol de Bruno Grassi.

A Ponte seguia pressionando, e aos 27 minutos, teve uma chance para ampliar o placar. João Paulo, autor do primeiro gol, chutou da entrada da área, a bola desviou em Luciano Castán e passou muito perto do gol.

Após ter tomado a virada, o CSA tentou jogar. A equipe até tinha a posse de bola, mas ficava girando no campo de defesa, sem nenhuma objetividade e sem levar perigo.

Já a Macaca, soube se fechar e administrar o placar. A última boa chance do jogo foi aos 46 minutos, quando Guilherme Lazaronni avançou pela esquerda e arriscou um chute colocado direto no gol de Bruno Grassi. Mas o placar não foi alterado! Vitória da Ponte Preta por 2 a 1.

Próximos jogos

Na próxima rodada, o CSA entra em campo contra o CRB, no domingo (30), às 19 horas, no estádio Rei Pelé. Já a Ponte Preta, que ocupa a 3ª posição, com oito pontos, joga um dia antes, às 21 horas, com o Sampaio Corrêa, no Castelão-MA.

VAVEL Logo